Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Usain Bolt pondera pr fim carreira aps o Rio-2014

12 de Janeiro, 2014

Lenda do atletismo mundial pensa em abandonar as pistas aps os Jogos Olmpicos

Fotografia: AFP

Um dos principais nomes do atletismo mundial, Usain Bolt já ganhou as maiores competições em todo o mundo.  Ao ponderar pôr fim a uma carreira vitoriosa, o jamaicano comentou que pensa reformar-se na cerimónia de encerramento dos Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro que, por coincidência, é no dia 21 de Agosto, a data em que completa 30 anos de idade. “O meu objectivo nos Jogos do Rio é defender os meus títulos Olímpicos de Pequim e Londres nos 100m, 200m e no 4x100m. Planeio aposentar-me no fim da temporada de 2016 ou em 2017. Ainda não tinha olhado o calendário do Rio 2016, mas é bom saber que o meu aniversário coincide com a data do encerramento dos Jogos e espero ter muitas razões para comemorar”, disse Bolt, em entrevista ao portal “rio2016.com”.

Com impressionantes marcas, o velocista é detentor de oito ouros em Campeonatos Mundiais e seis ouros olímpicos. Apesar de ter conquistado o mundo dentro das pistas, já sabe quais vão ser os seus primeiros passos depois de deixar as competições.

“A melhor coisa da profissão é viajar por todo o mundo e conhecer lugares novos. E a pior é o altíssimo nível de esforço e dedicação que são necessários para estar no topo. Quando deixar o atletismo, vou dar um tempo e dedicar-me a alguns negócios e ao trabalho na Fundação Usain Bolt”, comentou.

Identificado o local que pode ser palco da sua despedida, Bolt também não escondeu a sua ansiedade para fechar com chave de ouro os seus últimos Jogos Olímpicos.

“Os brasileiros têm uma paixão enorme e vão criar uma energia especial nos estádios e na cidade. Já fui ao Rio duas vezes. Tive muita sorte em ter feito um passeio de helicóptero e poder ver a paisagem e as praias da cidade lá de cima. É um lugar maravilhoso. Espero que os Jogos do Rio sejam uma grande festa e estou ansioso para celebrar”, concluiu.


Atleta suspenso volta a ser castigado

Marco Morgado, atleta que se encontrava suspenso devido a doping (EPO) – castigado com dois anos de suspensão em 2012 –, foi agora apanhado por anomalias no seu passaporte biológico, agora suspenso por mais quatro anos... a contar de Fevereiro de 2015, pelo que apenas pode retornar à actividade em 2019.

O atleta de Viana do Castelo, actualmente com 32 anos fez sensação em 2011 quando, com a camisola do Estreito e treinado por Mário Cunha, foi terceiro no Nacional de estrada e segundo no de corta-mato, despertou então estes resultados grandes desconfianças. Não voltou a conseguir tais feitos. Já em representação da Conforlimpa e treinado por Alfredo Brás, foi, em 2012, oitavo no Nacional de estrada e 13.º no de corta-mato. Pelo Benaventense, foi 14.º no Nacional de estrada em 2013. Entretanto, acusou EPO num controlo antidoping foi suspenso por dois anos a partir de Fevereiro do ano passado. Agora, foi o seu passaporte biológico a determinar mais quatro anos de suspensão, pelo facto foram-lhe anulados todos os resultados desde Novembro de 2011. As alterações nas classificações não mudaram as posições ocupadas pela Conforlimpa (2.ª) nos dois campeonatos de 2012, mas já havia relegado o Benaventense para terceiro no Nacional de Estrada de 2013, por troca com o Maia AC (2.º).