Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Uyango e Kanduco garantem medalhas

Rosa Napoleo - 09 de Agosto, 2018

Fotografia: Edies Novembro

Confiança em alta. Manuel Uyango e Cláudia Kanduco são garantias absolutas para a conquista de medalhas de ouro. Os dois taekwondistas integram a selecção provincial de taekwondó da Huila, que disputa, no próximo sábado, a quinta edição da Taça Embaixada da Coreia do Sul, no Complexo Desportivo Paz Flor, em Luanda.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o seleccionador provincial da Huíla, Simão Sumbelelo, assegurou que os atletas das categorias 58 e 53 quilogramas constam de um grupo de sete que aspiram o primeiro lugar do pódio, depois de se verem arredados na edição anterior. O conjunto investiu tempo na preparação, para um resultado positivo.
\"Vamos a Luanda com o único propósito: conquistar o lugar mais alto do pódio e superar a segunda posição alcançada na edição passada. Tenho bons competidores. Por aquilo que apresentaram durante os treinos, aliado à experiência que carregam da selecção nacional, vamos concretizar o objectivo\", disse confiante.
A selecção provincial da Huíla comporta os atletas Leonardo Boliasso (-54 kg), Manuel Uyango (-58 kg), Eli José (-63 kg), António Kossengue (-74 kg), Mário Kossengue (-68 kg), Cláudia Canduco (-50 kg) e Nádia Pedro (-57 kg).
Além da Huila, o certame conta com selecções das províncias de Benguela, Luanda, Huambo, Moxico, Luanda, Malange, Uige, Cunene e Cuando Cubango. Todas as equipas estão confiantes e almejam o título.
A detentora do título, Luanda, faz-se presente com cinco taekwondistas. Sob olhar do seleccionador Pedro Panzo, os atletas Genito Luís (-54 kg), Januário David (-58 kg), Hernâni David (-63 kg), António Felizardo (-68 kg)  e o Jovem Oliveira (-74 kg) têm a responsabilidade de revalidar o troféu. As atenções estão viradas à Huíla, como \"principal adversária\".
Moxico quer deixar de ser espectadora. O quarto classificado da edição anterior, pretende chegar ao pódio com Alcides Floriano (-58 kg), Eusébio Tchinhama (-54 kg), Osvaldo Miguel (-63 kg), Josefo Chicoca (-32 kg) e Abhobacar Edrago (-74 kg).
\"Os atletas estão tecnicamente bem preparados, para arrecadar medalhas\". A garantia é do treinador Aldmar Fernandes.
Antes da cerimónia de abertura, marcada para as 9h00, reservar-se-á algum momento para os combates preliminares. O programa contempla um discurso do Embaixador da Coreia do Sul em Luanda, Kim Don Chan. O dirigente vai fazer, igualmente, a entrega de um kite de material desportivo, composto por quimonos, cinturões, equipamentos  electrónicos de arbitragem e outras ofertas.
Os combates de demonstrações de poomse, defesa pessoal, dança, música e peças teatrais, também preenchem a tarde de domingo.