Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Valentino Rossi sofre punio

14 de Setembro, 2015

A organizao da MotoGP decidiu punir o italiano Valentino Rossi,

Fotografia: AFP

A organização da MotoGP decidiu punir o italiano Valentino Rossi, líder do campeonato, por ter atrapalhado seu companheiro de Yamaha, Jorge Lorenzo, durante o treino classificatório para o Grande Prémio de San Marino e Riviera de Rimini. O espanhol, porém, conseguiu a pole position ao bater o seu próprio recorde da pista, com 1min32s146.A decisão, que é definitiva, relaciona-se com o artigo 3.2.1 do código de disciplina da Federação Internacional de Motociclismo (FIM), que prevê punição para aquele que, ao guiar lentamente, atrapalha outro corredor, no caso Jorge Lorenzo, na sua volta rápida.

Lorenzo reclamou que havia sido atrapalhado na sua terceira e última tentativa de uma volta rápida, quando poderia ter definido um tempo ainda mais rápido. Rossi foi punido com um ponto adicionado ao seu registo por estar andar lentamente perto da linha de corrida, perturbando outro piloto numa volta rápida.“Valentino pediu-me desculpas e elas estão aceites, porque é uma coisa de corrida”, disse o espanhol após garantir a posição de honra no grid de largada.“Isso já aconteceu comigo no passado, quando atrapalhei vários pilotos na classificação e, nesse caso, você tem que se desculpar e tentar não voltar a enganá-lo, se não está rápido, fique fora.”

Rossi é um piloto profissional de motociclismo e vencedor de vários títulos mundiais de MotoGP. Com 9 campeonatos mundiais de motociclismo, sendo 7 na principal categoria, só perdeu para Giacomo Agostini que tem 8 na principal categoria, no seu "palmarés" e é considerado um dos mais bem sucedidos desportistas e o melhor piloto de motociclismo de todos os tempos.

Foi considerado um dos cinco melhores desportistas mundiais da primeira década do terceiro milénio (2000-2010). Entre vários prémios obtidos, destacam-se cinco referências nos "Laureus Sports Awards" (Prémios de maior prestígio do Desporto Mundial). Quatro nomeações para o prémio de "Desportista Mundial do Ano" (2004; 2005; 2009; 2010). E o prémio de "Spirit of Sport" que Rossi recebeu em 2006.

Seguindo a carreira de seu pai, Graziano Rossi, Rossi começou a correr no MotoGP, no Grand Prix da 1996, pela Aprilia, na categoria de 125cc e venceu o seu primeiro campeonato mundial no ano seguinte. A partir de então, transferiu-se para a categoria 250cc, novamente com uma Aprilia, e ganhou o Campeonato Mundial em 1999.

É também conhecido pela sua excentricidade dentro e fora das pistas. No mundo do motociclismo é conhecido como "Il Dottore" (O Doutor) ou "The Doctor". Desde o início usa o número 46 em homenagem ao pai, Graziano Rossi. Viveu em Londres entre 2000 a 2008. Mas depois de solucionar o ajuste de pagamento do fisco italiano, voltou à sua cidade natal, Tavullia.