Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Valores culturais afastam meninas

Gaudncio Hamelay | - Lubango - 27 de Setembro, 2018

A presena de xadrezistas huilanas nas competies provinciais e nacionais est diminuta nos ltimos anos.

Fotografia: Edies Novembro

A presença de xadrezistas huilanas nas competições provinciais e nacionais está diminuta nos últimos anos. Os aspectos culturais, económicos e sociais influenciam na desistência das meninas que procuram aprender o ABC do desporto-ciência.
Em declarações ao Jornal dos Desportos, o presidente da Associação Provincial de Xadrez da Huila, Vicente Silva, manifestou-se preocupado com o sector feminino, pois "a desistência aconteceu num momento em que apresentava bons resultados e performances\". Vicente Silva assegurou que \"muitas atletas cresceram e desapareceram sem deixar rastos\". Os compromissos conjugais, valores culturais e questões financeiras estão na base da desistência das "meninas".
Para inverter o quadro, as instituições públicas e privadas vão ser convidadas a inserir o xadrez nos planos de desporto recreativo.
"O nosso programa contempla associar-nos às instituições, mormente, escolas e clubes para atrair as meninas. 
Apelamos aos encarregados de educação a incentivarem as filhas à prática do xadrez, um desporto com impacto no desenvolvimento intelectual\", disse.
Nos próximos tempos, Vicente Silva prometeu apresentar um "projecto ambicioso" que vai motivar o xadrez feminino e torná-lo mais activo e sustentável. 
"O xadrez está estável nesse momento. Muita gente está a aderir à prática. É só observar algumas meninas em diferentes sítios da cidade de Lubango. Estamos no bom caminho\", disse.O sucesso do programa de fomento desportivo tem a chancela da fábrica Água Preciosa. A empresa \"tem dado muita força e ajuda\".
A boa organização e o equilíbrio competitivo dos atletas reflectiram-se no Torneio Herói Nacional ganho por David Osvaldo, atleta do Ferroviário da Huíla. O vencedor beneficiou de regulamento para superar António Jamba, da Escola SOS Água Preciosa. 
Os dois terminaram a prova empatados com cinco pontos cada um. A título individual, Jorge António venceu a prova de masters com 6,5 pontos.