Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Valorizado o rigor técnico dos juniores

Silva Cacuti - 26 de Maio, 2016

Jovens da equipa do Interclube dominaram o campeonato nacional de boxe que decorreu no Instituto de Ciências Policiais em Luanda

Fotografia: Santos Pedro

A forma aguerrida, disciplinada e alegre como os jovens se bateram durante a disputa do Campeonato Nacional de Boxe em Sub-20, disputado no Instituto Superior de Ciências Policiais "Osvaldo de Jesus Serra van Dunen", de 22 a 24 do corrente, foi a nota dominante da competição que consagrou a equipa do Interclube como campeã.

O facto não escapou à apreciação de Alberto Sebastião "Limão" director da instituição.
"Foi gratificante. Vimos combates bem disputados por jovens, o que indicia boas perspectivas, registamos bons indicadores", disse.
O presidente da Federação Angolana de Boxe (Faboxe), Carlos Luís, valorizou também o aspecto técnico da prova.

"Não vimos aqui atletas a agarrarem-se ao longo dos combates, mostraram o que estão a aprender e não houve protestos. Os combates foram vencidos com clareza, e isso é bom para o nosso boxe, e para quem está a trabalhar", resumiu.

O Interclube venceu a competição com três medalhas de ouro, obtidas nas três finais. Os galardoados com as medalhas foram, Ernesto Gomes, 49kg; Marcos Correia, 52kg, e Francisco Gomes, 64kg.

Na segunda posição, o Instituto de Ciências Policiais amealhou duas de ouro nas categorias de 60kg e 69kg e ainda uma de prata.
A revelação da competição foi a equipa Cabinda Sport Clube que quedou-se na terceira posição com uma medalha de ouro e duas de prata.

O melhor combate da competição envolveu o atleta do Cabinda Sport Clube, Naftali Gomes, e Francisco Gomes, do Interclube, na categoria de 64kg. O atleta da equipa de Luanda é campeão nacional da categoria sénior, é mais rodado e precisou de esforçar-se para derrotar o adversário. O pugilista de Cabinda revelou-se muito bom na técnica defensiva e astuto no ataque.

Depois do combate, Francisco Gomes reconheceu o empenho do adversário proveniente de Cabinda.
"É um atleta muito bom; foi um combate duro que me obrigou a trabalhar muito para poder vencê-lo", teceu.
A competição serviu para a equipa técnica nacional observar atletas a convocar para a participação nos Jogos da SADC aprazados para a cidade de Luanda, no final do ano corrente.

TÉCNICO AGRADECE
A OPORTUNIDADE

O treinador do Cabinda Sport Clube, Naftali Gomes, disse ao Jornal dos Desportos que a equipa cumpriu com o objectivo definido para o campeonato nacional de Sub-20. O treinador agradeceu o empenho do empresário José Maria Mbuca o suporte da deslocação e estada da equipa em Luanda.

"É uma equipa muito jovem e saímos satisfeitos; tivemos três finais, vencemos uma e os cinco atletas que trouxemos regressam com medalhas. Isto é um estímulo muito grande. Temos de olhar àquelas pessoas que permitiram esta oportunidade a esses atletas de competirem a este nível. Vamos continuar juntos, porque esses atletas podem dar-nos muitas alegrias", comentou.

Fundado em 2009, o Cabinda Sport Clube movimenta além do boxe, o futebol e o basquetebol de rodas.
No Campeonato Nacional de Boxe, a equipa esteve representada por cinco atletas, dos quais Faustino Mananga (56Kg), campeão nacional; Naftali Gomes (64Kg) e Victor Buanji (60Kg) obtiveram medalhas.