Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

"Vamos conseguir coisas grandes"

14 de Junho, 2015

Fotografia: AFP

Consciente da pressão por melhores resultados, o piloto não esconde que dificilmente as vitórias deverão acontecer neste ano, mas é optimista em relação ao futuro.

Em 2015, a McLaren retomou a histórica parceria com a Honda, fornecedora japonesa de motores com a qual fez sucesso nos anos 80 a 90, porém o carro ainda sofre com problemas de adaptação, fazendo com que todos em Woking repitam o mesmo discurso ao longo da competição.

"Posso entender a oposição, porque somos uma equipa grande que já ganhou muitas corridas, mas ninguém nos dá um respiro", lamentou Button, que, assim como o companheiro Fernando Alonso, teve que trocar o motor do MP4-30 antes do GP do Canadá e não conseguiu completar a prova.

"Estamos sob pressão, mas se você olhar para as melhorias feitas, são enormes, mas é um desporto muito competitivo. A confiança segue muito alta e acredito que estamos a fazer um bom trabalho, especialmente porque a Honda é dois anos mais jovem do que o resto", contou o britânico de 35 anos de idade, prevendo um futuro melhor para a equipa inglesa, torcendo por uma corrida melhor no GP da Áustria, no dia 21 de Junho.

"Sinto que temos um carro e um motor para conseguirmos coisas grandes no futuro. O que aconteceu no Canadá não vai atrapalhar a equipa e temos que estar firmes e maduros. Em duas semanas espero que tudo esteja solucionado", encerrou.