Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Venus Williams derrota Kerber

31 de Março, 2017

Depois de despachar a número um, Venus está mais próxima de chegar à final dos Masters de Miami

Fotografia: AFP

A norte-americana Venus Williams, 12.ª do ranking mundial, eliminou na quarta-feira a alemã Angelique Kerber, líder da hierarquia, nos quartos de final do Masters 1000 de Miami, por 7-5 e 6-3.

A irmã mais velha de Serena, que já venceu em Miami em 1998, 1999 e 2001, vai disputar uma vaga na final do torneio frente à britânica Johanna Konta, 11.ª do circuito, que derrotou a romena Simona Halep, quinta, por 6-3, 6-7 (9-7) e 2-6. A outra meia-final vai ser disputada entre a checa Karolina Pliskova, terceira da hierarquia, e a dinamarquesa Caroline Wozniacki, 14.ª.

No torneio masculino, o espanhol Rafael Nadal, sétimo do mundo, avançou para as \'meias\', ao derrotar o norte-americano Jack Sock, 17.º, por 6-2 e 6-3, mantendo-se a possibilidade de uma reedição da final do último Open da Austrália, frente ao suíço Roger Federer.

Para chegar à final, Nadal tem ainda de superar o italiano Fabio Fognini, 40.º do ranking, que eliminou o japonês Kei Nishikori, por 6-4 e 6-2, e já tinha afastado João Sousa, na segunda ronda.

Entretanto, o suíço Stanislas Wawrinka, primeiro cabeça de série e número três mundial, foi eliminado na terça-feira na quarta ronda deste torneio. O jogador helvético falhou o apuramento para os quartos de final depois de perder com o jovem alemão Alexander Zverev, de 19 anos, em três sets, pelos parciais de 4-6, 6-2 e 6-1, em uma hora e 44 minutos.

Zverev, 20.º jogador do circuito, voltou a bater Wawrinka, mantendo o pleno de vitórias nos confrontos directos, depois de ter vencido o suíço na final da última edição do torneio de São Petersburgo.

Nos quartos de final, Zverev vai cruzar-se com o australiano Nick Kyrgios, 16.º do ranking mundial e um dos cabeças de cartaz da próxima edição do Estoril Open.

Os dois jogadores só se defrontaram uma vez no circuito, precisamente no anterior Masters 1.000 desta época, em Indian Wells, também nos Estados Unidos. Nessa ocasião, Kyrgios venceu Zverev, por 6-3 e 6-4.