Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Vettel arrasado por abandonar GP do Mónaco

27 de Maio, 2014

Piloto da Red Bull obrigado a abandonar o GP de Mónaco, tal como aconteceu antes no GP Austrália

Fotografia: AFP

Sebastian Vettel estava visivelmente irritado por ter sido obrigado a abandonar a corrida do Grande Prémio do Mónaco, à oitava volta devido a problemas mecânicos. "Aparece sempre um problema novo", disse o piloto da Red Bull aos jornalistas no final da corrida.

Este foi o segundo abandono de Vettel  nesta temporada, depois de também ser forçado a desistir no Grande Prémio da Austrália: "Um turbo sem pressão lateral não é um turbo. Estava confiante que fizessem algo nas boxes, mas não aconteceu".

PROBLEMA
DE VISÃO

As possibilidades de Lewis Hamilton  lutar pela vitória no Grande Prémio de Mónaco, acabaram quando ele passou a enfrentar um problema de visão, no trecho final de corrida. Ele precisou dirigir parte da prova com um dos olhos fechados e assim diminuiu o ritmo, deixou  Nico Rosberg escapar na ponta.

“Tinha um pouco de vento, no instante em que me aproximei de Nico um pouco de sujeira ou outra coisa qualquer entrou no meu olho. Eu estava a dirigir com um olho só, o que é virtualmente impossível”, disse Hamilton, segundo colocado da prova de domingo. Quando enfrentou o problema tentava  aproximar-se do líder Nico Rosberg, seu companheiro e rival na equipa da Mercedes.

Com o corpo estranho no olho, diminuiu o ritmo consideravelmente e viu o australiano Daniel Ricciardo  aproximar-se rapidamente. Ao ser informada do problema pelo rádio, a equipa Mercedes tentou chamar Hamilton aos boxes para solucionar a questão, que ele não aceitou,  depois ofereceu assistência médica ao britânico no pódio, o que  não foi necessário porque o incómodo já tinha passado.

“Nas curvas de baixa velocidade, eu tinha de fechar o olho, o que piorou a situação, mas ao faltar  cinco voltas para o final, tudo resolveu-se e consegui ficar à frente de Daniel”, afirmou o piloto. O resultado do GP de Mónaco de Fórmula 1 fez Nico Rosberg retomar a liderança do Campeonato Mundial de Fórmula 1, agora com 122 pontos, quatro de vantagem sobre Lewis Hamilton. A próxima prova do calendário é o GP do Canadá, a 8 de Junho.