Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Vettel exalta reestruturao

11 de Agosto, 2017

O tetracampeo assegura que ao longo da pr-poca, a Ferrari foi a equipa mais quieta

Fotografia: AFP

Ao longo de 2015 e 2016, Sebastian Vettel pouco conseguiu fazer na F1. Sempre na sombra da Mercedes e, por vezes, até da Red Bull, a impressão era de que o alemão teria um grande trabalho antes de lutar por vitórias com frequência e título. Mas, de uma hora para outra, as vitórias começaram a vir e Vettel assumiu a liderança do campeonato. E isso tem a ver com o bom trabalho nos anos pouco frutíferos.

“Acho que tivemos um óptimo 2015, o que ajudou o projecto a ir em frente. 2016 foi duro, acho que por vários motivos. Mas também foi bom para encaixar a equipa e fazer mudanças”, disse Vettel.

O tetracampeão assegura que “ao longo da pré-época, a Ferrari foi a equipa mais quieta\".

\"Falavam muito sobre os novos carros, o novo regulamento e como isso iria favorecer uma equipa mais do que outra, como iria colocar algumas equipas na luta. Fiquei feliz por ver que as pessoas simplesmente trabalharam. Focamos e fizemos o nosso trabalho”, esclareceu.Felizmente, o novo regulamento beneficiou a Ferrari. As grandes mudanças na aerodinâmica dos carros acabaram com o domínio completo da Mercedes e permitiram uma reacção dos italianos.

Assim, Sebastian Vettel começa a lidar com a possibilidade de cumprir a sua missão, colocar a Ferrari no topo.