Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Vettel pode sair da Red Bull

04 de Junho, 2013

O líder mundial de 2013 é feliz na Red Bull, mas deixou claro à Motorsport-Total que não descarta a mudança de equipa no futuro:

Fotografia: AFP

O tricampeão mundial de Fórmula 1 Sebastian Vettel obteve os seus três títulos com a equipa Red Bull, na qual se sente “muito confortável”. O alemão revelou à imprensa a possibilidade de deixar a equipa patrocinada pela bebida energética: “não me faz ficar para sempre”.

O líder mundial de 2013 é feliz na Red Bull, mas deixou claro à Motorsport-Total que não descarta a mudança de equipa no futuro: “Tudo evoluiu ao longo dos anos e as prioridades mudam”.

Vettel, de 25 anos, foi enigmático com o seu futuro a médio prazo: “Nos próximos cinco anos posso não correr bem, devido ao cansaço ou talvez ache um desafio diferente”.

Enquanto a regra não mude na equipa alemã, Vettel deixou as portas abertas: “Sinto-me muito confortável e não posso imaginar-me noutro lugar O carro é rápido e a equipa é boa. Actualmente, não vejo nenhuma razão para sair, mas isso não me faz ficar para sempre”, disse.

PROTECÇÃO DE PNEUS
DURANTE O GP CANADÁ


O piloto da Mercedes Lewis Hamilton deu prioridade à “protecção dos pneus” no Grande Prémio do Canadá, no próximo fim-de-semana, no Circuito Gilles Villeneuve, onde já conquistou três vitórias.

“O Circuito Gilles Villeneuve foi um dos meus pontos fortes. Lá tive a sorte de ganhar três vezes, incluindo no último ano. O layout é realmente especial, de alta velocidade, muito divertido de conduzir e a travagem ajuda muito”, disse Hamilton em comunicado da equipa Mercedes.

O britânico afirmou que o circuito canadiano “não é muito diferente do estilo do Mónaco”. “O piloto precisa de uma configuração semelhante para passar do meio do pelotão para competitivo, mas precisa de proteger os pneus, o que é o nosso grande desafio”, disse.

Lewis Hamilton afirmou que “há uma sensação boa na equipa, agora, após a vitória de Nico (Rosberg), no Mónaco”, e vão continuar a trabalhar para conseguir novas vitórias este ano.

Nico Rosberg embalado

Depois de vencer no Mônaco no último dia 26 de Maio, o alemão Nico Rosberg está confiante de que pode reeditar a boa corrida no próximo domingo, em Montreal, palco do GP do Canadá de Fórmula 1.

O piloto da Mercedes mostra muita força nos treinos de classificação desta temporada e agora quer provar que tem condições de ser regular nas corridas para lutar, de facto, pelo campeonato - a Mercedes tem como melhor colocado no Mundial o inglês Lewis Hamilton, quarto no geral, 45 pontos atrás do líder Sebastian Vettel, da Red Bull.

“O Mônaco foi um fim-de-semana fantástico para a equipa e estou muito orgulhoso da vitória que nós (da Mercedes) alcançamos lá. Esperamos manter este momento no Canadá neste domingo e estamos vamos com tudo para termos um bom desempenho", ressaltou Rosberg, que revelou entusiasmo ao falar sobre a pista canadense.

Hamilton, por sua vez, venceu a edição passada da prova canadense, então como piloto da McLaren, e espera evoluir após chegar em quarto lugar no Mônaco com a Mercedes.

“O Circuito Gilles Villeneuve é um forte para mim e tive a sorte de vencer três vezes lá na minha carreira, com inclusão da  última temporada. É sempre um grande fim-de- semana em Montreal, com uma atmosfera divertida na cidade e na pista.

O circuito em si é realmente especial", enfatizou.O inglês também alertou que “cuidar dos pneus é o principal desafio” em Montreal, onde a Pirelli vai fornecer um novo tipo de composto, mais durável do que o actual, apenas para os treinos livres de sexta-feira.