Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Vettel quer manter domínio

22 de Dezembro, 2013

Tetra-campeão mundial quer continuar na onda de vitórias na próxima época da Formula 1

Fotografia: AFP

Alemão acredita que as grandes equipas continuarão a dominar O novo regulamento técnico para a temporada de 2014 da Fórmula 1 já foi apontado por pilotos e chefes de equipa como uma oportunidade para alterar o equilíbrio de forças da categoria. Mas Sebastian Vettel, campeão dos últimos quatro anos, acredita que as grandes equipas continuarão a dominar o Mundial.

As principais novidades na F-1 são a introdução do motor turbo V6 de 1.6 litro, em vez do V8 de 2.4 litros, utilizado nos últimos anos, e mudanças na aerodinâmica dos carros."É difícil expressar expectativas, especialmente com o novo motor. Ninguém sabe o que acontecerá, mas acho que ajudará as grandes equipas a ficar na frente, os de sempre. Ainda não está claro em que ordem e pode ser que as diferenças sejam muito maiores do que hoje", disse Vettel.

Novo companheiro do alemão na Red Bull, o australiano Daniel Ricciardo compartilha da opinião do tetra-campeão do Mundial. Ele acredita que o poderio financeiro dará as grandes equipas a oportunidade de evoluir mais rapidamente, mesmo que iniciem o campeonato sem brilho.

"Se a Red Bull não estivesse no ritmo nos testes de pré-temporada e talvez nas primeiras corridas, tenho fé que os nossos caras achariam uma solução bem rapidamente. Acho que pelo menos depois das quatro ou cinco corridas os times de elite serão os da frente", afirmou o piloto da Oceania.

Entretanto para o patrão da Formula 1 o domínio de Sebastian Vettel, piloto da Red Bull, na Fórmula 1 poderá acabar a partir da próxima temporada. Pelo menos é o que estimou Bernie Ecclestone, manda-chuva da F1, em entrevista ao jornal alemão Bild.

"Esse domínio vai acabar, talvez em 2014. Teremos carros totalmente novos, novos motores, novas regras", declarou Ecclestone. "A Ferrari e a Mercedes terão a oportunidade de se aproximar de Vettel. No ano que vem, não será necessariamente o melhor piloto que será campeão, mas sim o melhor carro".

Em relação às vaias que o tricampeão recebeu após o último GP de Cingapura, o chefão da F1 afirmou que elas "não têm relação com Vettel como pessoa, já que ele tem uma imagem impecável. São apenas a expressão de uma insatisfação frente à sua superioridade".

"Ele (Vettel) não dá nenhuma chance a Fernando Alonso e Lewis Hamilton, e está dominando tanto quanto Senna e Schumacher em suas respectivas épocas", completou

Entretanto, convirá lembrar que em 2009, ano em que deixou a Toro Rosso e chegou a Red Bull, poucos imaginavam que Sebastian Vettel quebraria inúmeros recordes e conquistaria o tetracampeonato Mundial.. Em 2014, Daniel Ricciardo fará o mesmo caminho do alemão, que acredita que o novo companheiro de equipa chega cercado de muito mais expectativas.

"É uma grande chance para Daniel, obviamente. De alguma forma, ele vive a mesma situação que vivi em 2009, mas a equipa agora é muito bem-sucedida, então acho que as expectativas com relação a ele são bem maiores", analisa o tetracampeão.

Antes da chegada de Vettel, a Red Bull não tinha subido ao lugar mais alto do pódio uma vez sequer. Apesar de Ricciardo ter feito parte de uma "equipa irmã" na Fórmula 1 nos últimos quatro anos, dois como piloto de testes, o alemão acredita que ambos precisarão se acostumar com o novo ambiente.

"No fim das contas, acho importante dar esse passo adiante na carreira. Ainda que seja muito jovem e faça parte da família Red Bull há muito tempo, estou realmente ansioso para trabalhar com ele", conclui.


BREVE
Fãs da Ferrari com direito à escolha do monolugar

A Ferrari anunciou sexta-feira, num jantar com a imprensa italiana, que vão ser os fãs da escuderia a escolher o nome do monolugar de 2014. “O nome do carro da Ferrari para 2014 vai ser escolhido pela internet, em Janeiro, por milhões de fãs da Ferrari em todo o mundo. O presidente Luca di Montezemolo deu essa notícia no tradicional jantar de véspera de Natal com a imprensa italiana no circuito de Fiorano”, disse a Ferrari em comunicado no site. A equipa transalpina, ressalvou, é das que mais interage com os fãs via internet.