Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Viñales recupera confiança na prova

10 de Agosto, 2017

O campeonato ainda está aberto, e vai ser importante somar o máximo de pontos possíveis ”, concluiu.

Fotografia: AFP

Maverick Viñales vive momentos difíceis na época 2017 da MotoGP, mas recompôs-se com um pódio em Brno. Terceiro classificado na prova tcheca, o espanhol recuperou a confiança e parte revigorado para o GP da Áustria, deste fim de semana. Segundo classificado no Mundial, 14 pontos atrás do líder Marc Márquez, Viñales sabe que precisa de manter-se no pódio, se quiser sonhar com o título no seu primeiro ano com a Yamaha.

“Depois de voltar a pódio no último fim de semana, estamos mais confiantes, e sinto-me forte para o próximo GP. Na segunda-feira, em Brno, também testamos muitas coisas, como trabalhar na aceleração, por exemplo, o que vai ser muito importante para a corrida na Áustria”, disse Viñales.

O espanhol assegurou que melhoraram muitos itens, durante o teste e sente-se \"feliz e pronto para esta etapa”. “Sabemos que temos de estar no pódio nas próximas etapas, se quisermos vencer este campeonato, e para isso temos de continuar com  bom feeling e buscar a vitória”, concluiu.

ROSSI VÊ ÁUSTRIA
DESFAVORÁVEL

Rossi voltou de férias, para a MotoGP, sem descanso. Depois de retomar a época 2017 no fim de semana passado, em Brno, o Mundial de Motociclismo volta às pistas imediatamente na Áustria, palco da 11ª prova do ano. Animado após exibir bom ritmo em Brno, e liderar o teste colectivo de segunda-feira, Valentino Rossi celebrou a retomada imediata dos trabalhos, e mostrou confiança para o fim de semana, mesmo que a pista do Red Bull Ring não seja das melhores para a M1.

“Voltar para a pista imediatamente, é muito importante para nós, especialmente, depois de um teste como o de segunda-feira em Brno, onde testamos muitas coisas. Durante o fim de semana na República Tcheca, fomos rápidos em todas as condições, e o teste ajudou-nos a entender um pouco mais. Agora, vamos para o circuito da Áustria, que não é muito favorável à equipa, mas espero que lutemos por um bom resultado”, disse Rossi.

A 22 pontos atrás de Marc Márquez, na classificação do Mundial de Pilotos da MotoGP, Rossi acredita que a disputa pelo título continua aberta. “Agora, estou bem com a YZR-M1, posso pilotar a moto melhor, estou feliz e espero que possa lutar pelo pódio em todas as corridas. O campeonato ainda está aberto, e vai ser importante somar o máximo de pontos possíveis  ”, concluiu.