Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Vicente enaltece Taa Heri Nacional

Pedro Futa - 01 de Outubro, 2018

O segundo classificado recebeu 25 mil kwanzas e o terceiro, 15 mil kwanzas

Fotografia: Paulo Mulaza

Severino Vicente, atleta residente no Sumbe, província do Cuanza Sul, enalteceu a Federação Angolana de Atletismo pela \"excelente organização\" da quarta edição da Taça Herói Nacional em atletismo, disputada, sábado último, num percurso de 10 quilómetros entre o Farol Velho da Ilha de Luanda e o Mausoléu António Agostinho Neto, ao bairro Praia do Bispo. Com sorriso nos lábios, o atleta do 1º de Agosto cortou a meta com 35min11s e arredou para lugares subsequentes os colega de equipa Simão Manuel  (35min22) e Afonso David (36min35).
O vencedor disse, que a concorrência dos colegas de equipa foi a única dificuldade na prova que serviu de preparação para a São Silvestre de Luanda 2018 e reiterou a temperatura ambiental: \"o clima também ajudou à minha prestação. Simão Manuel é uma referência nacional e não foi fácil concorrer com ele. Foi difícil vencê-lo\".
Em femininos, Neide Dias, do 1º de Agosto, não deu espaço à Patrícia Maria e à Egirela Kinzeca. A militar cronometrou os 10 quilómetros em 40min07s. As colegas de pódio terminaram com mais 11min05s e 16min03s (51min12s e 56min10s), respectivamente.
Neide Dias mostrou-se regozijada: \"Estou feliz por vencer, pela terceira vez, a Taça Herói Nacional\".
No atletismo adaptado, Inocêncio Ginga (T11) teve de se empenhar a fundo, para vencer a prova com 39min12s. Nos lugares imediatos ficaram Afonso Camuco (41min43s) e Wilson Cassela (43min12s). Em femininos, Rosalina Guilhermina (T12) venceu com o tempo de 51min12s, seguida de Maravilha Matoso (1h13min43s).
O presidente da Federação Angolana de Atletismo, Bernardo João, considerou positiva a realização da Taça Herói Nacional.
\"Considero positiva a organização. É uma responsabilidade homenagear o primeiro Presidente da Nação e superamos às expectativas, embora não tivéssemos os 500 corredores\", disse.
A antiga companheira de António Agostinho Neto, Maria Eugenia Neto, mostrou-se regozijada pela organização e espera que seja de âmbito nacional.
\"Parabéns a  organização. Espero que melhorem e que seja de âmbito nacional. Estamos a preparar os festejos do centenário de Agostinho Neto\", disse.
A competição serviu de abertura de época 2018/2019 e para saudar o 96º aniversário do primeiro Presidente de Angola, António Agostinho Neto. O vencedor recebeu de prémio 30 mil kwanzas e livros que retratam a vida do Herói Nacional, além de certificado de participação. O segundo classificado recebeu 25 mil kwanzas e o terceiro, 15 mil kwanzas. Os três primeiros classificados receberam também medalhas.