Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Vicente Neto homenageado

Silva Cacuti - 13 de Outubro, 2014

Pugilista angolano conta no currículo com passagens em várias equipas portuguesas antes de aderir ao boxe profissional

Fotografia: Jornal dos Desportos

A promotora angolana de boxe Guedes Promotions vai realizar uma homenagem ao pugilista Vicente Neto pelos 28 anos de carreira. A homenagem enquadra-se nos festejos do 39º aniversário da Independência Nacional e vai ter lugar a 11 de Novembro, em local por indicar, segundo Gaspar Guedes, responsável da promotora.

Segundo o empresário, um "sparring" (evento de combates) entre jovens atletas pode abrilhantar o evento desportivo que se quer simples, mas à altura do grande desportista que é Vicente Neto.

Vicente Neto começou a carreira aos 16 anos de idade pelo Dínamos de Angola, em 1986. No mesmo ano, conquistou dois títulos de campeão: provincial de Luanda e nacional.

O pugilista revelou elevado grau de tecnicismo e é integrado na selecção nacional que disputou um torneio internacional na cidade do Lubango, província da Huíla, com representações dos Camarões, Zâmbia e Costa do Marfim. Na sua estreia, obteve a medalha de prata nos 63 quilogramas.

Em 1989, Vicente Neto conquista o campeonato nacional e é cobiçado pelo Sporting de Lisboa, equipa que representou por uma época, em 1990. Em Portugal, Vicente Neto representou ainda o Belenenses e o Estrela da Amadora.

Em 1997, adere ao boxe profissional. Vicente Neto actua pela promotora de boxe Cafima e constrói uma carreira de sucesso marcada por inúmeras vitórias diante de renomados pugilistas. As vitórias sobre Blaize Makiesse, em 1997, e sobre André Puaty, em 2002 e 2003, aconteceram no auge da sua carreira.

A especialidade profissional vive maus momentos no país e o pugilista reaparece em 2010, para derrotar Devid Massiala. Em 2011, empata o combate com José Gomes, no mês de Fevereiro.  No combate de desforra, em Maio do mesmo ano, perde diante de José Gomes, naquele que terá sido o seu último combate.

"Para mim é sempre algo de elogiar. Não é fácil manter-se no activo durante este tempo todo. Chegou a hora de pendurar as luvas e é gratificante encontrar pessoas que reconhecem os nossos feitos", disse o pugilista, a propósito da homenagem.

A Guedes Promotions realizou desde a sua fundação, em 2010, nove combates profissionais em três galas que trouxeram de volta pugilistas, alguns com mais de quatro anos de defeso nas suas carreiras e levaram o público à Cidadela.

A primeira gala, inserida nas comemorações do 10 de Dezembro, data alusiva ao aniversário do MPLA, realizou-se a 29 de Dezembro de 2010 e teve um combate entre Vicente Neto e David Massiala. A 4 de Fevereiro de 2011, inserida nas comemorações do início da luta armada, uma nova gala contou com dois combates que opuseram David Massiala a Ferreira Mavinga e Vicente Neto a José Gomes.

A 7 de Maio, a Guedes Promotions realizou a sua maior gala, com seis combates, com destaque para a desforra entre Vicente Neto e José Gomes que tinham empatado o combate anterior. José Gomes derrubou o seu adversário. Lutaram também Tó Morgado e Simão Muanda, que empataram o combate, e Panda Lucumbi com David Massiala.


GINÁSTICA
Simone Biles soma medalhas


A norte-americana Biles conquistou ontem mais dois títulos, participando nos quatro ouros que colocaram os Estados Unidos à frente da anfitriã China no final dos Mundiais de ginástica artística de Nanning. Depois dos títulos colectivos e no concurso geral, Biles, de 17 anos, venceu hoje a prova de trave, em que bateu por apenas 0,067 pontos a chinesa Bai Yawen, revalidando ainda o título no solo.