Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Vistos atrapalham Selecção Nacional

02 de Outubro, 2016

Nova sessão de treinos da seleção de pesca está aprazada para o próximo fim de semana

Fotografia: Jesus Silva

O processo migratório para entrar no México está condicionar o cumprimento do programa de preparação da selecção nacional de pesca desportiva, com vista à participação na 25ª edição do Campeonato Mundial de Pesca Desportiva Corrico de Alto Mar, agendado de 5 a 12 de Novembro, na cidade de Acapulco.

A área administrativa da Federação Angolana apela ao Comité Organizador do evento, no sentido de facilitar a agilização do procedimento junto das entidades alfandegárias locais. A direcção de Fernando “Falé” vai propor às entidades mexicanas a obtenção de vistos no aeroporto de desembarque, uma vez que não há representação diplomática do México, em território nacional.

A equipa liderada tecnicamente por Rogério Matos pretende realizar no mínimo duas sessões de treinos livres nas águas de Acapulco para “facilitar a conclusão do estudo das zonas de maior concentração de peixes”.  O seleccionador nacional Rogério Matos justifica que “a deslocação com antecedência permite o entrosamento e a obtenção de dados, que  facilitam efectuar ataques com precisão”.

Sem a definição do foro administrativo, a apreensão tomou conta da equipa técnica e dos atletas. O estágio previsto parece comprometido. A aquisição de bilhetes de passagem está condicionada à autorização de entrada.  No momento em que o sector administrativo encontra alternativas para facilitar o bom desempenho da selecção nacional, o grupo de Rogério Matos esboça a segunda sessão de treinos para o dia nove do corrente a 30 milhas de Luanda.

Depois de a primeira sessão de treinos ter sido revestida de fracasso nas capturas, espera-se que os pescadores  retirem do mar exemplares que garantam motivação. O sucesso da segunda sessão depende das condições climatéricas. Se a temperatura do mar permanecer alta, a colheita de veleiros e marlins vai ser benéfica. Qualquer baixa temperatura vai ser mais um fracasso. O terceiro e último treino está agendado para o dia 23 do corrente.