Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Voleibol assinala festas da cidade

Gaudêncio Hamelay- Lubango - 08 de Agosto, 2013

Lubango alberga nos dias 24 e 25 deste mês, a III etapa do Circuito Nacional de Voleibol de Praia

Fotografia: Jornal dos Desportos

A cidade do Lubango alberga nos dias 24 e 25 deste mês, a III etapa do Circuito Nacional de Voleibol de Praia, em ambos os sexos, enquadrado no programa desportivo da 27ª edição das Festas de Nossa Senhora do Monte.
 A confirmação da realização do certame nas terras altas da Chela é do vice-presidente do Conselho Técnico da Associação Provincial de Voleibol da Huíla (APVB), António Quilala.

 Assegurou que a Associação local da modalidade já encetou contactos com as várias províncias que vão participar do circuito sobretudo Namibe, Kuanza-Sul, Benguela, Luanda e a Huíla enquanto anfitriã. 

“Até agora estas são as cinco províncias, que confirmaram e mostram-se disponíveis para participar no evento”, garantiu.
 António Quilala afirmou que para o êxito da prova, a nível provincial estão já a preparar as condições ligadas ao recinto desportivo, alojamento das caravanas participantes e outras questões administrativas que têm a ver com a efectivação do acontecimento.

 “A Huíla vai organizar de 23, a 25 do corrente mês, a III etapa do Circuito Nacional de Voleibol de Praia. Temos programado para o dia 23 a chegada das várias caravanas participantes das demais provinciais. Elas chegam dia 23 e as competições têm o seu arranque no dia 24 a 25”, pontualizou.

 Disse que a província da Huíla na qualidade de anfitriã, ainda não definiu com quantas duplas vai entrar. 
 Por essa razão avançou António Quilala, a organização foi obrigada a incluir mais número de duplas da Huíla. Aclarou que por isso, é que até ao momento, não se definiu com exactidão quantas duplas a Huíla vai participar.

 Na edição passada as duplas masculinas ocuparam o quarto lugar e a feminina quedou-se em terceiro lugar.
 Revelou que no cômputo geral, a organização deste circuito prevê movimentar aproximadamente 40 atletas em ambos os sexos. “Não vamos precisar do número de duplas em função das várias confirmações das demais provinciais porque é possível que haja uma ou outra desistência. Mas a nossa organização está a perspectivar movimentar para esta edição 40 atletas”, garantiu.
                        Gaudêncio Hamelay- Lubango


VOLEIBOL
Árbitros nacionais
em acção formativa 

A direcção da Federação Angolana de Voleibol realiza a partir de hoje até dia 14 do mês em curso, na sala de reuniões do Comité Paralimpico Angolano, sita no Complexo da Cidadela Desportiva, um curso para árbitros da modalidade, que tem como prelector o português Rui Mário de Carvalho.

A primeira fase do curso arranca hoje e termina nas primeiras horas do dia 12, ao passo que a segunda fase tem o arranque igualmente do dia 12, no período da tarde e termina no dia catorze.

Valentim Domingos, presidente da direcção da Federação Angola de Voleibol garantiu, ontem ao Jornal dos Desportos, que estão todas as condições criadas, inerentes à realização do curso na data prevista.

“ Felizmente reunimos as condições para que tudo seja feito como programamos. Para não alterar o programa, apesar da chega do prelector, Rui de Carvalho estar prevista para as primeiras horas de amanhã (hoje). Não altera nada, porque tão logo, o prelector chegue começámos a trabalhar, porque após o encerramento do curso, Rui de Carvalho faz as malas para regressar. Portanto, temos tudo controlado para abertura do curso às 15 horas”, assegurou”.

Nesta primeira fase a federação pretende formar cerca de 25 árbitros. As aulas teóricas da primeira etapa direccionada ao voleibol de sala vão ser leccionadas na sala de reuniões do CPA, ao passo que as práticas têm lugar no Pavilhão número dois da Cidadela Desportiva.
                                                                          Rosa Panzo