Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Volta Frana refora segurana

16 de Julho, 2016

Terror voltou a Frana mas "Tour" prossegue com fortes medidas de segurana

Fotografia: AFP

A organização do Tour de França esteve reunida com as autoridades policiais, para reforçar as medidas de segurança da corrida, na sequência do atentado em Nice, na quinta-feira à noite, que causou pelo menos 84 mortos.

O primeiro passo é um reforço da segurança, para proteger as cerca de 30 mil pessoas, que acompanham a corrida de ciclismo.

Bourg Saint Andéol foi a cidade, onde ontem arrancou a 13.ª etapa do Tour de França, localizada a cerca de 300 quilómetros a partir de Nice, local do ataque na noite de 14 de Julho.

O atentado em Nice, sul de França, na quinta-feira à noite, fez pelo menos 84 mortos e 18 feridos continuam em estado considerado crítico, segundo um novo balanço do Governo francês.

Um homem lançou um camião sobre uma multidão, na avenida marginal da cidade de Nice, a Promenade des Anglais, que na quinta-feira assistia a um fogo-de-artifício para celebrar o dia nacional de França.

As autoridades francesas consideram, estar perante um atentado terrorista, o Presidente de França, François Hollande, anunciou o prolongamento por mais três meses do estado de emergência, que vigora no país desde o ano passado.

THIBAUT

O francês Thibaut Pinot (FDJ) abandonou a Volta à França, em bicicleta, devido a doença, falha a partida p do contra-relógio da 13.ª etapa.

“Doente, Thibaut Pinot não participa na 13.ª etapa do Tour”, lê-se no Twitter da formação francesa. O chefe de fila da FDJ, de 26 anos, terminou em dificuldades a etapa de quinta-feira, com meta instalada no Mont Ventoux, onde chegou 28.24 minutos depois do vencedor, o belga Thomas de Gendt (Lotto-Soudal), que lhe ‘roubou’ a liderança da classificação da montanha.

Pinot foi o terceiro na edição de 2014 da ‘Grande Boucle’ conquistada pelo italiano Vincenzo Nibali (Astana), venceu pela primeira vez uma etapa na corrida no ano passado.