Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

WADA aprova novo Código

27 de Novembro, 2013

conferência realizada em Joanesburgo, na África do Sul, a Agência Mundial Antidoping

Fotografia: AFP

Numa conferência realizada em Joanesburgo, na África do Sul, a Agência Mundial Antidoping (WADA, sigla em inglês) aprovou o novo Código Mundial de Antidopagem, que prevê novas interpretações sobre o uso de substâncias proibidas.As principais mudanças serão a aplicação de punições mais severas aos atletas que utilizem o doping com o intuito de melhorarem o desempenho e mais flexibilidade em casos de fraude ou uso de substâncias de maneira não intencional.

Cerca de 2.200 alterações foram feitas no código actual, redigido em 2009. Nas novas regras, que passarão a vigorar a partir do dia 1 de Janeiro de 2015, as multas para doping intencional passaram de dois para quatro anos. Outra nova inclusão será a obrigatoriedade de pagamentos de multas, sem que elas interfiram no tempo de afastamento imposto.A intenção do novo código é fazer com que a regra antidopagem atinja mais efetivamente os colaboradores do atleta, fazendo com que compreendam e tenham conhecimento de todas as questões relacionadas com as regras de controlo. Também está previsto dar maior suporte às investigações e ao uso da inteligência no combate ao doping, assim como ncentivar a assistência aos atletas, técnicos e médicos na apuração dos casos.