Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Whiting renova título mundial

09 de Março, 2014

Atleta norte-americano renovou o título mundial de lançamento do peso nos mundiais que decorrem na Polónia

Fotografia: Reuters

O norte-americano Ryan Whiting confirmou na sexta-feira o favoritismo ao ganhar a final do lançamento do peso, uma das duas provas decisivas do primeiro dia dos Mundiais de pista coberta, que se realizam até hoje em Sopot, Polónia.

Com 22,05 metros no quarto ensaio, o norte-americano ultrapassou o campeão mundial de ar livre, o alemão David Storl, que tinha lançado a 21,79 na segunda tentativa, renovando assim o título mundial de pista coberta, que tinha conquistado há dois anos, em Istambul.

Surpreendente foi o terceiro lugar do neozelandês Thomas Walsh, que lançou a 21,26 metros no derradeiro ensaio (recorde nacional) e deixou fora do pódio o polaco Tomasz Majewski, campeão olímpico, numa prova em que o português Marco Fortes não passou das eliminatórias, ao ser 11º na qualificação (20,12).

Na outra final do primeiro dia, a holandesa Nadine Broersen ganhou o pentatlo, com a melhor marca mundial do ano (e recorde nacional) de 4.830 pontos, contra 4.768 pontos da canadiana Brianne Theisen Eaton, que bateu igualmente o recorde do seu país e fica a torcer pelo marido, o norte-americano Ashton Eaton, que lidera o heptatlo ao fim da primeira jornada, com 3.653 pontos, mais 70 do que o bielorrusso Andrei Krauchanka.


MUNDIAL INDOOR
Murielle Ahouré
corre meias-finais


A costa-marfinense Murielle Ahouré liderou a última série da prova classificativa da categoria de 60m,  no mundial Indoor de atletismo,  que se disputa em Sopot, na Polónia. A velocista africana marcou o tempo em 7s09,  que a colocou a frente da britânica Sophie Papps (7s22) e da brasileira Franciela Krasucki (7s25), que se estreia na competição. As três atletas estão apuradas para as meias-finais da competição de pista fechada, que se disputa hoje, às 14h15m de Angola.

No final da prova, a estreante brasileira disse à imprensa que "a prova foi muito forte, porquanto obriga os atletas a acelerar do começo ao fim”. A sua classificação deve-se a “um pouco de retracção que teve à chegada”, mas promete lutar por um lugar para a  final na corrida de hoje.

Quanto às principais candidadas que a podem ofuscar, a brasileira apontou a velocista africana Murielle Ahouré e a britânica Sophie Papps, mas “a prova está aberta”.

A outra atleta citada por Franciela é a jamaicana Shelly-Ann Fraser-Price, que se classificou para a meia-final com o segundo melhor tempo geral (7s12). Campeã mundial dos 100m e dos 200m em Moscovo, Shelly-Ann Fraser-Price foi eleita a melhor atleta do mundo na época de 2013.

A final da prova de 60m está agenda para hoje, às 17h05m.