Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Williams cogita romper com Kubica

16 de Maio, 2019

Testes de Barcelona so fundamentais para a escuderia britnica efectivao de Nicholas Latifi ao posto de piloto titular

Fotografia: AFP

A tradicional equipa britânica está insatisfeita com o desempenho do piloto polaco e pensa substituí-lo pelo canadiano Nicholas Latifi. Segundo divulgou o periódico \'Journal de Montréal\', a Williams está insatisfeita e teme por dificuldades do piloto, no circuito de rua de Mónaco, próxima etapa do Mundial.
Por isso, os testes de Barcelona são fundamentais para a escuderia britânica estudar a efectivação do canadiano Nicholas Latifi, ao posto de piloto titular. Actualmente, é reserva da equipa de Grove e disputa a Fórmula 2 com a DAMS.
Quanto a Kubica, o piloto tem movimentos limitados na mão direita, sequela do acidente de rali que sofreu em 2011 e tirou-o da F1, até o começo de 2019. Ele foi superado pelo companheiro e novato George Russell, em todas as cinco corridas da actual temporada. Esses factores fazem com que a Williams duvide do potencial de melhoria do polaco, que chocou na subida do castelo durante a classificação para o GP do Azerbaijão, que também se disputou em circuito de rua.
 Ainda de acordo com o jornal, o contrato do piloto tem uma cláusula que permite a sua substituição no meio da temporada, o que possibilite  trocar com Latifi. O canadiano é um dos destaques da F2 e fortalece como postulante a uma vaga, na equipa de Grove. Nesta semana, Latifi venceu a corrida 1 da F2 em Barcelona, no sábado, vai pilotar a Williams nos dois dias de testes da F1. É o único reserva a assumir o volante, nos dois dias de actividades,  na Catalunha.
 O canadiano, porém, tem um empecilho, para ingressar na F1. Ainda não tem pontos suficientes para a super licença. Latifi precisa de terminar a temporada da F2, entre os cinco primeiros, para se credenciar à categoria principal. De todo o modo, os testes desta semana em Barcelona são mais um passo,  para que o jovem piloto de 23 anos se aproxime de uma vaga na Williams.
 Robert Kubica foi promovido com a BMW Sauber, com quem deteve o papel de piloto de reserva,durante as primeiras corridas da temporada de 2006. O piloto hegou aos 21 anos de idade à Formula 1.