Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Z Cazenga cristaliza liderana provincial

Helder Jeremias - 12 de Setembro, 2016

Z Cazenga, o mais rpido da prova

Fotografia: Jornal dos Desportos

O piloto ao serviço do Team Orbel, Zeferino Fernandes "Zé Cazenga" confirmou a sua superioridade técnica na presente época ao vencer a oitava jornada do Campeonato Provincial de Motocross de Luanda, disputada sábado, a partir das 13h00, no circuito internacional Jorge Varela, com 37 pontos, seguido do seu colega de equipa, Ricardo Jorge, com 35 pontos e do piloto individual, Augusto Congo "Agugu" que contabilizou menos três (32).

Com Ricardo Jorge e augusto Congo  a evidenciarem elevado nível técnico e determinação na etapa derradeira da época 2016, Zé Cazenga viveu momentos de grande sufoco para se manter em frente na manga inicial, na qual teve de fazer um esforço redobrado para impedir que os ataques fulminantes de Augusto Congo não culminassem com uma ultrapassem nos minutos finais, tendo garantido os primeiros 20 pontos, deixando Agugu com a fasquia de 27 e Ricardo Jorge com o somatório de 15. 

Na segunda manga Zé  Cazenga teve de se render à excelente forma desportiva com que o seu colega de equipa, Ricardo Jorge, está a se pautar da derradeira etapa do Provincial, pois o piloto do bairro Maculusso "deu cartas" com uma performance que arrancou grande ovação da plateia que lhe galvanizou para terminar na primeira posição, com 20 pontos, relegando  Zé Cazenga e Agugo para as posições imediatas, com os respectivos 17 e 15 pontos.

No final da partida, os três pilotos foram unânimes em dizer que se tratou de uma prova muito interessante e que o resultado espelhou do desempenho de cada unidade ao longo das duas mangas, pelo que o trio mais produtivo partilha o desejo de melhorar o desempenho para levar de vencida a próxima jornada, marcada para sábado próximo, no circuito da Centralidade do Kilamba, em homenagem ao Herói Nacional.

Na categoria do15cc, o piloto do Team Orbel, Humba carlos, sagrou-se vencedor com 37 pontos, depois de um segundo lugar e uma vitória na segunda manga, quando o seu adversário do Team Jog, Edivaldo Silva estabeleceu o segundo tempo mais rapido, mercê de uma vitória e um segundo lugar, o que lhe atribui a igualdade de pontos (37), ao passo que António Silva, Team 2 Lemos , foi o terceiro colocado, com 30 pontos.

O Team orbel também foi o mais produtivo na categoria dos 450cc (moto 4), por intermédio do jovem Edson Miranda, que completou a sua sétima vitória ao vencer ambas as mangas, com 40 pontos, seguido de Edson Sebastião, Team Cazenga, 37 e Bruno ferreira que ficou limitado para o terceiro lugar ao pódio, com 30 pontos.

O presidente da Associação provincial, Carlos Soweto, era um homem satisfeito com o resultado da empreitada, tendo frisado, em declarações ao Jornal dos Desportos que "esta entrega dos pilotos é uma prova de que o motocross nacional está a evoluir e nós, enquanto responsáveis, vamos continuar a trabalhar para que o público continue a viver momentos de emoção".