Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Zarco descarta conservadorismo

29 de Julho, 2015

Johann Zarco ressalta, que na segunda metade da competição

Fotografia: AFP

Johann Zarco foi impecável, na primeira metade da época'2015, da Moto2. A correr pela estreante Ajo, o francês somou três triunfos no ano e ficou fora do pódio uma vez, quando uma falha mecânica na Kalex #5 no Qatar o deixou em oitavo posto. Com tal desempenho, Zarco somou 179 pontos, 65 à mais que Tito Rabat, o segundo classificado na tabela.

“Não posso dizer que estou surpreso, mas estou feliz, porque cheguei à pausa de Verão com uma vantagem de 65 pontos e isso é incrível”, avaliou.O líder da competição lembrou, que na última corrida, teve um pouco de sorte e Tito Rabat caiu na última volta.

“Temos um longo caminho pela frente e tudo pode acontecer. Agora, é hora de aproveitar sem pensar que todo o trabalho foi feito, porque não foi”, ponderou.

Johann Zarco ressalta, que na segunda metade da competição, a “meta é vencer”. Para o efeito, “é importante manter uma mentalidade vencedora” para se fazer “um bom trabalho” durante o fim de semana.

“Tenho de ser esperto nas corridas restantes e tentar não cometer erros ou cair; vou continuar a lutar por vitórias e pensar no título sem correr muitos erros e controlar a situação”, ponderou. Johann Zardo defendeu que o piloto pode pensar no campeonato, quando se está próximo do fim da época, mas não no início da segunda metade da temporada.

PNEUS
Bridgestone promete evolução


A Bridgestone vai encerrar a passagem pela MotoGP, no fim da época'2015. Em contagem regressiva para deixar o Mundial de Motociclismo, a fabricante japonesa garantiu que vai continuar a desenvolver os pneus da MotoGP, no âmbito do seu programa. Satisfeita com a performance dos seus compostos nessa primeira metade do ano, a empresa nipónica promete novidades nos seus pneus até à etapa de Valência. Chefe do Departamento de Desenvolvimento de Pneus de Motorizadas, Shinji Aoki, assegurou que a Bridgestone está comprometida com o desenvolvimento contínuo dos pneus e garantiu que a marca vai introduzir melhorias nos compostos utilizados na classe rainha do Mundial de Motociclismo.

“A Bridgestone está comprometida com o desenvolvimento contínuo ao longo da época'2015 da MotoGP, como resultado, vamos ver algumas novas evoluções nos pneus na segunda metade da época”, garantiu Aoki.

O responsável assegurou, que comparativamente com o ano passado, a empresa mudou a alocação de pneus traseiros em muitas corridas, para que o pneu traseiro slick assimétrico tivesse um composto mais macio, do que nas etapas correspondentes do mesmo ano.

Shinji Aoki garante, que os pneus assimétricos da empresa nipónica, vão estar presentes em Phillip Island e Valência. Os pneus apresentam um novo composto, é diferente de todos os outros já utilizados.

Os pneus para Phillip Island são “específicos” para aquele circuito.“Com esse desenvolvimento, espero que os pilotos não só aproveitem níveis melhores de segurança e controlo, mas também que o ritmo rápido vistos na primeira metade do ano continue até Valência”, concluiu.