Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Zeferino Fernandes beira do ttulo

10 de Novembro, 2016

Outro elemento que se destaca o ano de estreia de Z Fernandes na competio.

Fotografia: Joo Gomes

Depois de resgatar o título provincial de motocross de Luanda, ao serviço do Team Orbel, Zeferino Fernandes, do Team Mercenários, pretende terminar a época'2016 da Supermoto com chave de ouro e  fazer a dobradinha no desporto motorizado.

A missão  é espinhosa, amanhã e sábado, no circuito Arena Multiparques, ao Km 30 em Viana, para enfrentar o colega de equipa, Hélder Coelho "Vuty", líder da tabela geral de classificação.

Zeferino Fernandes é o segundo classificado da tabela e também trava despiques na última prova do Campeonato Angolano de Supermoto com Victor Barros, Miguel Ângelo, Adilson Vieira e Tady Madaleno.

No certame que se associa às celebrações dos 41 anos da independência nacional, que se assinala amanhã, espera-se uma grande moldura humana, face aos préstimos dos pilotos em diferentes competição. Vuty e Zé Fernandes arrastam grandes números de fãs. Para fazerem jus aos nomes, estão na obrigação de manter a confiança com os adeptos. Outro elemento que se destaca é o ano de estreia de Zé Fernandes na competição.

Em declarações ao Jornal dos Desportos, Zeferino Fernandes sublinhou a dedicação de todos integrantes da equipa, desde mecânicos aos dirigentes, como a factor do sucesso até agora alcançado, sem esquecer a força dos adeptos.

"Esta época é de grandes feitos, uma vez que resgatei o título em motocross e ainda tenho hipóteses de fazer a dobradinha, caso obtenha um resultado que me permita conquistar o título em Supermoto. Não é fácil, porque estão na prova pilotos de alto nível. Contudo, acredito que o objectivo está ao meu alcance", frisou Zeferino Fernandes.
HÉLDER JEREMIAS

ASSOCIATIVISMO
Elias José toma posse hoje

O presidente do Atlético Sport Aviação (ASA), Elias José, reeleito a 27 de Setembro para o ciclo 2016-2020, é empossado hoje, em cerimónia a ter lugar às 16h00, no Hotel Sinsil, ao bairro Benfica, em Luanda. Elias José toma posse numa altura em que a equipa principal de futebol do clube logrou a manutenção na primeira divisão.

Para além de Elias, são empossados Augusto Trindade Bêmbele, como presidente da Mesa da Assembleia-geral, José Bunga é o seu vice-presidente. Vicente Neto é o secretário da Mesa da Assembleia-geral.

Na direcção, Elias José tem a coadjuvar  cinco vice-presidentes, mas ainda não tem definidos os pelouros a responsabilizar. São vice-presidentes Eduardo José, Adriano Agostinho, Cristóvão Simão, António Ferreira e David Mavinga. José Bumba vai ser empossado secretário-geral, enquanto José Filho preside ao Conselho Fiscal e Domingos Sebastião lidera o Conselho de Disciplina.

Elias foi eleito num processo em que participaram dois outros candidatos, nomeadamente, Manuela Oliveira e Nelo Russo. Após empate com Nelo Russo, na primeira volta, foi escolhido na segunda volta ao superiorizar-se a Manuel de Almeida "Nelo Russo".

O resultado saído das urnas ditou 84 votos para Elias José e 74 para Nelo Russo. Houve ainda um voto nulo dentre 159 escrutinados.
A Comissão Eleitoral foi presidida por Bi Figueiredo. Na ocasião, o presidente disse: "Esta vitória é da família ASA".
SILVA CACUTI