Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Comit organizador aprova condies

Silva Cacuti,! Malange - 28 de Agosto, 2013

Comit organizador do Campeonato do Mundo esteve reunido ontem na sala de reunies do Estdio 11 de Novembro

Fotografia: Jornal dos Desportos

A pouco mais de 22 dias para o início do Campeonato do Mundo, o comité organizador (Cohoquei) reuniu ontem numa das salas de conferência do estádio nacional 11 de Novembro e considerou positivas as acções da comissão executiva concernentes ao sucesso da prova, segundo Pedro Azevedo, porta-voz.

Da agenda do encontro constavam temas como as inaugurações, sessão de abertura do campeonato do mundo, venda de bilhetes, credenciamento, logística, saúde, segurança, decoração das cidades, saúde e voluntários.

Todos estes assuntos em agenda correspondem a uma subcomissão, dentro da comissão executiva do comité organizador.
“As sub-comissões apresentaram os seus programas que estão a ser cumpridos sem constrangimentos de vulto, o que agradou ao comité”, começou por dizer Pedro Azevedo.

A seguir o responsável falou sobre a avaliação feita ao trabalho de cada uma das comissões, com destaque para a comissão de alojamentos que anunciou, para o dia 6 de Setembro, as inaugurações do Hotel Infortur, do Aeroporto do Namibe e do pavilhão erguido na cidade.

No que respeita aos transportes ficou definido que a companhia aérea Taag vai efectuar, durante os dias do mundial, dois serviços para a cidade do Namibe, um pela manhã e outro no período nocturno. As operadoras de serviços rodoviários de transportes públicos estão a ser contactadas para que desviem algumas das suas rotas para as zonas onde estão os pavilhões. Sobre o que falta fazer, a reunião considerou que a questão da decoração das cidades de Luanda e do Namibe, que deve ser executada pelos governos provinciais, com acções como a iluminação, arranjo de estradas, pintura de passeios, colocação de ‘out doors’, entre outros.

Os participantes da reunião foram também informados do plano de chegada das delegações em que a do Brasil será a primeira a escalar o país, no dia 7 de Setembro e as demais são esperadas a partir do dia 15. O Cohoquei tem dentro de si uma comissão executiva e é coordenado pelo ministro da Juventude e Desportos, Gonçalves Muandumba. Integra os Ministérios das Relações Exteriores, do Interior, da Saúde, da Hotelaria e Turismo, da Construção e da Comunicação Social.

A comissão executiva do Cohoquei é coordenada pelo presidente da Federação Angolana de Patinagem, Carlos Alberto Jaime, e é formada pelas subcomissões de Finanças, Saúde, alojamento, segurança e marketing.

TRANSPORTE
Caminho-de-Ferro apoia Mundial


A direcção do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes vai colocar à disposição dos turistas, delegações desportivas e adeptos um comboio especial por altura da realização dos jogos da série B e D do Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins.

A decisão visa dinamizar e tornar mais fluido o transporte de pessoas por altura da realização do Mundial, que vai realizar uma das fases na cidade do Namibe.
A circulação rodoviária entre as cidades do Lubango e Namibe, passando pela Serra da Leba, é feita de forma regular.

A retoma da circulação do comboio por altura do Mundial de Hóquei reveste-se de grande importância, na medida em que vai permitir transportar os adeptos e delegações visitantes, mostrar os encantos turísticos e as belas paisagens que a região sul tem, segundo José João, um dos amantes da modalidade de hóquei na cidade do Lubango.

O responsável do gabinete de Comunicação e Imagem da direcção do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes, Jacob Hipólito, disse que a realização do Mundial é de capital importância, pois os ganhos reflectem-se em várias vertentes.
A projecção da imagem do país a nível do mundo, o surgimento de novas infra-estruturas desportivas e hoteleiras e a massificação da modalidade são entre outros os ganhos com a realização do campeonato.

Jacob Hipólito disse que a direcção do CFM, no intuito de contribuir para o êxito do campeonato, vai lançar uma semana antes do início da festa do hóquei o comboio de passageiros no traçado Lubango-Namibe a preço módico.

Tecnicamente tudo está a postos para que a circulação seja retomada de forma normal, após uma paralisação por questões técnicas.
A pedido da população e autoridades tradicionais foram colocadas 48 novas passagens de nível. Jacob Hipólito mostrou-se confiante numa boa realização do mundial de hóquei, depois da realização da Taça Zé Du, decorrida na província de Malange.
O responsável do gabinete de comunicação e imagem do CFM mostrou-se confiante numa surpresa da Selecção Nacional de hóquei em patins, depois de se ter sagrado campeã do torneio.
Arão Martins, Lubango

COMISSÃO DE SAÚDE
Avião ambulância
já está disponível


As eventuais ocorrências no Mundial que, no capítulo clínico, requeiram o transporte para o interior ou o exterior do país vão ser realizadas com apoio de um avião ambulância que já está disponível para o comité organizador da prova, assegurou ontem o porta-voz, Pedro Azevedo, à saída da reunião que avaliou e aprovou o estado de organização da prova.

“A comissão de saúde tem as condições criadas, tem um avião ambulância que já está preparado e acautelado”, disse.

As condições para a comissão de saúde incluem a parceria com clínicas, em Luanda e a construção de um hospital de campanha no Namibe. “Está salvaguardada a execução de um hospital de campanha no Namibe. Em Luanda vamos contar com as clínicas Multiperfil, Girassol e da Endiama, além dos dispositivos do Instituto de Emergências Médicas instalados nos pavilhões das duas cidades”, assegurou.

A reunião abordou também a questão da venda de bilhetes. Em princípio as vendas devem iniciar-se a 1 de Setembro nos locais de venda habitual e nos balcões de bancos com maior presença no país para que em todas as províncias os bilhetes sejam vendidos.SC