Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Ministro da Defesa confiante na organizao

Aro Martins, no Lubango - 28 de Abril, 2013

Ministro angolano esteve no Lubango acompanhado de uma delegao namibiana

Fotografia: Jornal dos Desportos

O ministro da Defesa Nacional, Cândido Van Dúnem, mostrou-se confiante, no Lubango, numa organização com êxito do Mundial de Hóquei em Patins, que o país acolhe em Setembro próximo, nas cidades de Luanda e do Namibe.

Cândido Van Dúnem, que acompanhou uma delegação namibiana que visitou a Huíla, disse ser gratificante Angola acolher no seu espaço o certame, que dignifica o bom nome do país.

“Como devem compreender, o desporto é hoje uma ciência como qualquer outra”, disse, acrescentando que Angola, ao acolher o 41º Campeonato Mundial de Hóquei em Patins, tem mais um ganho, quer do ponto de vista infra-estrutural, como desportivo.

O ministro angolano assegurou que do ponto de vista organizativo, a julgar pelos dados disponíveis, “tudo está a ser feito para que o evento aconteça em condições favoráveis e esplêndidas”.

Relativamente aos ganhos, o ministro da Defesa destacou que uma coisa é mandar uma delegação para um outro país e ficarmos limitados na “nossa acção” e outra coisa “é recebermos o Mundo em nossa casa”.

“Quando recebemos o Mundo na nossa casa, aprendemos lições, criamos postos de trabalho, incrementamos a nossa acção informativa”, disse.

Cândido Van Dúnem adiantou que os resultados desportivos são em função do desempenho de cada uma das equipas. Sustentou que vai ganhar a selecção que se empenhar melhor ao longo da competição.

Quanto à selecção nacional, manifestou-se esperançado num resultado positivo por tudo o que tem feito. “Temos esperança de que o cinco nacional vai fazer bons resultados, até porque temos tido marcas que são muito significativas. Sempre que participamos noutras provas, os resultados nessa modalidade têm sido positivos. Daí termos a certeza de que em casa vamos tudo fazer para conquistar o ouro”, disse.