Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleces conhecem adversrios dos Mundiais

05 de Julho, 2017

Mundial2017 de hquei em patins

Fotografia: Jornal dos Desportos | Edies Novembro

Angola vai disputar o Mundial de hóquei em patins,  de 27 de Agosto a 09 de Setembro, em Nanjing (China), integrada no grupo do Brasil, Estados Unidos e Holanda, na segunda série, de acordo com o sorteio efectuado ontem em Barcelona.
Em sub-20, a disputar-se no mesmo palco, o seleccionado nacional está no Grupo A, com Portugal, Colômbia e Chile. Portugal vai disputar a fase de grupos do Mundial2017 de hóquei em patins, com a campeã Argentina, Itália e França.
Os Mundiais de hóquei em patins de 2017, masculino, feminino e sub-20, integram pela primeira vez o Campeonato do Mundo da Federação Internacional de Roller Sports (FIRS), que engloba ainda patinagem artística, ‘freestyle’, patins em linha, velocidade e ‘skateboarding’.

A selecção de  Moçambique, outro país lusófono, está no grupo B, com as selecções de Espanha, Alemanha e Chile.

A primeira fase do Mundial2017 decorre com todas as selecções a defrontarem-se, com  vista a posicionarem-se para as sucessivas eliminatórias, desde os quartos de final até à final. Para o Mundial2017 feminino, a selecção portuguesa apesar de cabeça-de-série, ficou integrada no Grupo B, juntamente com a Argentina, crónica candidata ao título, Chile e Itália.

O Grupo A do torneio feminino, é composto pelas selecções de Espanha - actual campeã em título -, Alemanha, Estados Unidos e França.

No escalão de sub-20, masculino, Portugal defende em Nanjing o título mundial, ficou integrado no Grupo A, juntamente com as selecções da Colômbia, Chile e Angola. O Grupo B vai ser disputado por Espanha, França, Argentina e Itália.

De acordo com as alterações inseridas no modelo competitivo, os títulos mundiais são discutidos por oito selecções, divididas numa primeira fase em dois grupos de quatro equipas, com os dois primeiros do último campeonato a serem cabeças de série.

As restantes equipas disputam a FIRS Cup (até oito equipas), sendo que nos seniores masculino contam com 23 selecções participantes, vai ainda disputar-se uma Taça da Confederação.