Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Treinador do 1 de Agosto destaca colectivismo na seleco

Silva Cacuti - 05 de Abril, 2013

Seleco Nacional prepara-se com todos os cuidados visando uma particiapo condigna no Campeonato do Mundo

Fotografia: Dombele Bernardo

O treinador português que orienta a equipa principal de hóquei em patins do 1º de Agosto considera que a Selecção Nacional demonstrou maior colectivismo durante a disputa do 65º Torneio de Montreux, em que ficou classificada na terceira posição, atrás de Portugal e Espanha.

António Gaspar falava ao Jornal dos Desportos a propósito da participação angolana na prova e as perspectivas que se fazem em relação ao mundial que o país vai acolher em Setembro do corrente ano.

“Contrariamente às duas últimas participações, em termos individuais não tiveram o melhor marcador, o que pode dar indicadores de que temos mais colectivismo e que não estamos dependentes de um jogador, tendo mais alternativas na questão de marcador, sendo por isso uma equipa mais colectiva”, comentou.

O técnico agostino, que esteve na prova de Montreux em duas ocasiões, em 1999 e 2001, como membro da equipa técnica portuguesa, começou por valorizar o torneio, que considera “uma montra do Campeonato Mundial que se disputa no mesmo ano e, sem sombra de dúvidas, a antecâmara do Mundial”, para depois referenciar que Angola foi ao torneio melhor preparada que em outras edições. 

“Em face de anos anteriores, a participação de Angola em 2013 foi rodeada de cuidados de preparação, englobada no percurso tendo em vista a participação no Mundial de Setembro. Nesta perspectiva é necessário perceber que este momento foi mais um no percurso rumo ao Campeonato do Mundo. Indicadores quantitativos foram positivos – melhor classificação de sempre”, avaliou.

António Gaspar está em Angola desde 2011 a trabalhar na equipa militar depois de ter sido apresentado em 28 de Outubro de 2010.
O técnico considera que até à disputa do mundial há muito trabalho por fazer e considera que a Selecção Nacional tem ainda outros momentos de avaliação, como o Torneio de Blanes, caso se confirme a sua participação, e a Taça Zé Du.

Nascido em Macau, o treinador do 1º de Agosto foi membro da direcção técnica da Federação Portuguesa de Patinagem e treinou, entre outros, a selecção de Macau, o ACR Gupilhares e a Juventude Pacense.