Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Adiamentos marcam abertura dos campeonatos de Luanda

Silva Cacuti - 18 de Março, 2019

O clssico entre as militares e as petrolferas no provincial da capital do pas aguardado com muita expectativa

Fotografia: Edies Novembro

O adiamento de dois jogos no campeonato feminino e outro na prova masculina, aliado aos resultados volumosos obtidos nas partidas realizadas são as notas dominantes do arranque dos campeonatos provinciais de Luanda, no último final de semana.A situação dos adiamentos é descrita pouco \"preocupante\" por Simão Filho, presidente de direcção da Associação Provincial de Andebol de Luanda.
O dirigente lamentou a desistência da equipa masculina do Comité Desportivo do Exército.\"A situação não é preocupante. As equipas apresentaram as justificações. Questões administrativas e logísticas estão na base dos adiamentos.
Para o início do campeonato, aceitam-se. Estamos a trabalhar para remarcar os jogos. Lamentamos a não participação da equipa do Exército nos torneios realizados e a não confirmação da participação no campeonato provincial\", disse.A competição começou com uma partida feminina e outra masculina. Na classe de senhoras, o cartaz da primeira ronda devia opor o Petro de Luanda ao 1º de Agosto-B, Marinha ao Maculusso e 1º de Agosto-A ao ASA.Apenas o jogo entre ASA e 1º de Agosto-A se disputou sem qualquer surpresa no resultado.
As militares comandadas por Morten Soubak não se fizeram rogadas e deram uma amostra do seu poderio ao cilindrar as aviadoras por 38-17, com já favoráveis 19-8 ao intervalo. A colectividade do Gama projecta a Supertaça Babacar Fall e a Taça das Taças Africanas.Outra equipa envolvida nas provas africanas, o Petro de Luanda, adiou o jogo em que deveria baptizar a equipa B do 1º de Agosto.
O Maculusso também solicitou adiamento da sua reentrada na competição sénior, depois de longos anos de ausência.Em masculino, apenas o jogo entre o 1º de Agosto e o Petro de Luanda foi realizado. Houve pouco Petro para um 1º de Agosto com rotinas de jogo mais desenvolvidas e executadas a um nível superior ao do rival. No final, 37-20 foi o resultado para os agostinos que, ao intervalo, já ganhavam por 20-7. Interclube e Marinha de Guerra remarcaram a partida para outra ocasião.O 1º de Agosto é detentor dos títulos provinciais de seniores nas duas classes.