Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Angola reencontra França no Mundial

Silva Cacuti - 28 de Junho, 2017

Selecção Nacional joga com a Eslovénia e a Roménia

Fotografia: Rogério Tuti |Edições Novembro

O resultado do sorteio do 23º Campeonato Mundial realizado terça-feira, na cidade alemã de Hamburgo, obriga à Selecção Nacional sénior feminina, também conhecida por Pérolas, a jogar ao mais alto nível, se quiser passar à segunda fase da competição. Angola ficou colocada no grupo A ao lado da França, medalha de prata dos Jogos Olímpicos do Rio'2016; Roménia, a única selecção totalista em campeonatos mundiais; Eslovénia, que regressa aos mundiais depois da sua última participação em 2005; Paraguai, que joga o Mundial pela terceira vez, e Espanha, medalha de bronze dos Jogos Olímpicos do Rio'2016. Os jogos do grupo A vão ser disputados na cidade de Trier.

Em recentes declarações ao Jornal dos Desportos, em véspera da realização do sorteio, o presidente da Federação Angolana de Andebol, Pedro Godinho, exteriorizou a ideia de que nada seria fácil e que a selecção nacional não deveria temer estar em grupo de ninguém.

"Não temos receios. Os critérios acabam por equilibrar os candidatos. Para mim é indiferente o grupo em que calhamos. Há sempre um ou dois jogos em que somos favoritos, outros dois em que não vamos ter favoritismo e, depois, um jogo para discutir", disse.

Ter a ambição é um passo importante, uma vez que houve mexidas no grupo, desde a alteração do timoneiro à entrada de rostos novos. Nesta missão, Angola não vai contar com os préstimos de Luísa Kiala, já retirada; de igual modo não vai ter os préstimos das influentes Natália Bernardo e Wuta Dombaxi. Contudo, a Selecção Nacional vai apresentar-se ao mundo sob comando de Morten Souback, antigo campeão mundial pelo Brasil. O dinamarquês pode ser uma fonte de inspiração para as atletas novatas que podem integrar o grupo.

A Selecção Nacional já deu início à preparação com a realização de um estágio no princípio do corrente mês, em Portugal. Em terras lusas, defrontou a campeã mundial, Noruega, em duas ocasiões.

No quadro da preparação das Pérolas está ainda inscrita a participação em dois torneios no Japão e outro na França.

O Campeonato Mundial disputa-se de 1 a 17 de Dezembro em seis cidades, nomeadamente, Hamburgo, Magdeburgo, Leipzig, Bietgheim Bissigen, Trier e Oldenburgo.