Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Dagosto e Progresso jogam final indita

Silva Cacuti - 08 de Março, 2018

Petrolferas da capital falharam revalidao do torneio Maro Mulher

Fotografia: PAULO MULAZA |Edies Novembro

As equipas de andebol seniores femininas do 1º de Agosto e do Progresso do Sambizanga decidem hoje o título da II edição do Torneio Março Mulher. Inesperada, a final joga-se às 18h00 ,no Pavilhão da Cidadela Desportiva.
Não é um jogo habitual na decisão de torneios, em provas em que actuam o 1º de Agosto e o Petro de Luanda, que são os papões do andebol angolano e africano.
 Aliás, as duas equipas têm endereço e hora para o novo confronto em que estarão envolvidas, na disputa da Taça das Taças Africanas. É no Cairo, Egipto, a 22 de Abril.  Até lá, os torneios como o Março Mulher ganham o gosto de um refinado aperitivo.
O “intruso” Progresso surge depois de ontem ter surpreendido o Petro, no jogo da meia final da prova, ao vencer por 30-29, após prolongamento. Ao final do tempo regulamentar o placard registava empate a 26 golos e no prolongamento as “sambilas” marcaram quatro golos, contra três do Petro.
Ao intervalo nada fazia prever o final “esquisito”, porque o Petro vencia por aceitáveis 15-12.
 Na outra meia-final, o 1º de Agosto cumpriu com as suas responsabilidades e desfeiteou a Casa do Pessoal do Porto do Lobito por 30-13, com já favoráveis 15-7 ao intervalo. Na primeira fase, Petro e 1º de Agosto fizeram números quase siameses. Em três jogos, as petrolíferas marcaram 90 golos e sofreram 51. O saldo de golos positivos é de 39. As militares, por seu turno, marcaram 93 golos e sofreram mais que as rivais, 59. O saldo militar é de 34 golos, números que falam da qualidade de jogo que se espera nesta final. O Progresso do Sambizanga traz da primeira fase o saldo positivo de seis golos, marcou 76 e sofreu 70 golos.
Antes do prato principal, joga-se, no mesmo local, para a atribuição do 7º lugar, entre as equipas da Epal e do ASA, a partir das 9h30. O segundo jogo do período da manhã vai opor as equipas do Crisgunza de Benguela e da Marinha de Guerra, para atribuição do 5º lugar.
À tarde, a Casa do Pessoal do Porto do Lobito e o Petro de Luanda abrem as hostilidades, para definirem a última equipa a subir ao pódio.
O Petro de Luanda foi destronado do torneio Março Mulher, enquanto o 1º de Agosto participa pela primeira vez.