Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Dia Nacional do Andebol atarefa associados

Silva Cacuti - 11 de Maio, 2019

As militares apresentaram-se, jogavam em casa .

Fotografia: kindala Manuel | EDIES NOVEMBRO

O jogo entre as equipas do Petro de Luanda e do 1º de Agosto B, referente à primeira jornada da segunda volta do Campeonato Provincial, pode resultar no primeiro caso de falta de comparência, a envolver um dos grandes. A equipa do Petro de Luanda não se apresentou no Campo Paulo Bunze, em que estava previsto o jogo, às 19h00 de quinta-feira. As militares apresentaram-se, jogavam em casa e, segundo apuramos, exigem da Associação Provincial de Andebol de Luanda (APAL) uma posição. Desejam ganhar o jogo na secretaria.

Entretanto, segundo fonte próxima da equipa petrolífera, na reunião presidida pelo presidente e vice-presidente da APAL, ficou decidido que o jogo entre ambas as equipas devia ser adiado e que as direcções dos dois clubes deviam encontrar uma data para a realização do jogo. "Isto, ficou decidido numa reunião e tem acta, por isso, não estamos preocupados se houve uma equipa em campo ou não", disse a nossa fonte.

Numa publicação de 8 do mês corrente, nas redes sociais, em que se aborda a calendarização semanal, a APAL indica que a partida foi adiada.

Noutros jogos previstos para a referida jornada, o 1º de Agosto, líder, somou mais uma vitória diante do ASA , ao passo que a Marinha de Guerra impôs-se sobre o Desportivo do Maculusso.

A segunda jornada joga-se a 14 do corrente. O Petro de Luanda, segundo classificado deve folgar, por imperativos de calendário, enquanto o líder recebe no Paulo Bunze o Progresso do Sambizanga. A Marinha de Guerra defronta o 1º de Agosto B, e o ASA vai receber o Maculusso.

DIA DO ANDEBOL
Atarefa Associados 


O ciclo de actividades alusivas ao 20 de Maio, Dia Nacional do Andebol, em Luanda, abre hoje com a abordagem do tema, "A importância dos exames médicos na actividade desportiva ", tema que tem a  prelecção de João Mulima, director do Instituto Angolano de Medicina Desportiva.

A palestra é a primeira do dia, no auditório Paulo Bunze, da Federação Angolana de Andebol, com início marcado para as 08h30. Na segunda abordagem, os especialistas Francisco Luzendo e Elvino Santos vão falar sobre a arbitragem no andebol.

O encontro vai servir para os distintos agentes da modalidade, na província, interagirem e identificarem as facetas em que é possível dar um passo qualitativo.

As actividades abertas hoje, têm seguimento no dia 18, com a realização de uma maratona desportiva, das 08h00 às 15h00, no pavilhão anexo da Cidadela Desportiva, que prevê a disputa de jogos em todos os escalões, incluindo partidas com intervenção de ex-praticantes.

A 20 de Maio de 1974, um grupo de praticantes decidiu massificar o andebol, no território nacional. Face aos resultados do movimento, a data foi instituída pela Federação Angolana da modalidade, como Dia Nacional do Andebol.