Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Egipto lana concurso do logtipo do Mundial 2021

Antnio Ferreira - 21 de Setembro, 2019

Fotografia: DR

A Federação Egípcia de Andebol(EHF) põe mãos à obra na organização  do XVII Mundial IHF 2021,classe sénior masculina, na segundaquinzena de Janeiro com o lançamento do concurso do logótipo da competição. O vencedor vai ser premiado com 30 mil libras egípcias,equivalentes a 700 mil kwanzas. Aberto ao público, o logótipo do Mundial IHF 2021, o primeiro com 32 selecções, deve reflectir a cultura e a identidade egípcias, incorporar elementos do andebol e como elemento chave as iniciais da competição.

O prazo de entrega das obras ao concurso termina no dia 15 de Outubro do corrente, portanto, num espaço de 25 dias e devem ser enviados via e-mail para o endereço electrónico: info@handballegypt2021.com.O Egipto, primeiro país africano a ter o privilégio de organizar um Mundial IHF, no longínquo ano de 1999 - a Suécia foi a campeã, ao bater na final a Rússia, por 25-24 -, foi confirmado organizador no conclave deste ano por ocasião dos mundiais da Noruega e Dinamarca.Esta é a terceira vez que o

Mundial IHF se realiza em solo africano. A Tunísia, em 2005, foi a quarta classificada. A prova foi ganha pela Espanha com um triunfo na final sobre a Croácia por clarividentes 40-34. A França foi medalha de bronze.Outrossim, a Federação Internacional modalidade (IHF) também já deliberou, relativamente à organização dos mundiais seniores masculinos e femininos de 2023. O28º Mundial IHF, classe sénior masculina, vai ter uma organização conjunta da Polónia e da Suécia, enquanto o de seniores feminino, o 16º vai ser organizado por três países,mormente, a Dinamarca, Noruega e Suécia.