Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Electro do Lobito perde no "adeus"

Julio Gaiano, Benguela - 31 de Janeiro, 2015

Electro do Lobito perde no adeus

Fotografia: M. Machangongo

Com a derrota, a formação lobitanga piora a classificação da edição passada (quinta) e queda-se na oitava posição. O fracasso já foi admitido pelo coordenador para o andebol, Pedro Filipe Gomes. O responsável considera normal e justifica o facto da sua equipa ser formada na sua maioria por atletas que ascenderam do escalão juvenil. Ainda assim, deu parabéns pelo empenho, dedicação e bravura das mesmas na prova.

“As nossas atletas atingiram o limite das suas reais capacidades competitivas. Não obstante, foram autênticas obreiras. Não fizeram mais porque defrontaram equipas com maior rodagem competitiva e mais experientes. As equipas adversárias trabalham juntas há mais de dois anos. Não é o caso do Electro do Lobito que se bateu de igual para igual no campeonato", precisou.

O técnico do Nacional de Benguela, Antero Lundungo, considerou negativa a prestação da equipa na prova. As "elefantas", designação pela qual é conhecida a equipa, tinham tudo para atingir as meias-finais, não fosse alguma inexperiência associada à falta de ritmo competitivo que algumas atletas revelaram ao longo da competição.

“Não foi desta vez, mas espero que a próxima venha a ser melhor. A equipa denotou a falta de ritmo e, para piorar, algumas atletas se revelaram ingénuas nos momentos cruciais dos jogos. Diante dessa situação, o tropeço é inevitável. Vamos continuar a trabalhar e esperar que possamos melhorar o sétimo lugar na próxima vez”, anunciou Antero Lundungo.

Para o quinto lugar, o Kabuscorp do Palanca venceu o Atlético do Namibe e o Atlético Sport Aviação ganhou à Casa do Pessoal do Porto do Lobito.