Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Entrega de atletas agrada a técnico

Silva Cacuti - 27 de Maio, 2014

A motivação das jogadoras para o Campeonato Mundo da Croácia é superior à do campeonato africano que decorreu na cidade congolesa de Oyo

Fotografia: Nuno Flash

As atletas da pré-selecção nacional de andebol em juniores feminino estão a apresentar níveis de empenho superiores aos que mostraram quando o grupo se  concentrou para participar no campeonato africano de Oyo, República do Congo, no ano passado. A equipa prepara a participação no campeonato mundial da Croácia de 28 de Junho a 13 de Julho de 2014. A constatação foi feita ontem pelo seleccionador nacional Alex Fernandes, nas suas primeiras declarações à comunicação social desde que, a seis do corrente, começou a preparação.

Quebrando o "black out" Alex Fernandes fê-lo muito satisfeito e começou por realçar o estado clínico da equipa."A equipa está muito bem, saudável e nota-se que há empenho. Todo o mundo está a trabalhar com grande vontade, eu estou admirado com a força que elas trouxeram que é maior do que a que tinham quando nos concentramos para o campeonato africano. Acho que a participação no campeonato africano deu-lhes uma visão diferente do que é estar na selecção nacional e elas vieram com vontade de ficar entre as escolhidas", disse.

Depois da avaliação positiva ao grupo o seleccionador disse que trabalha na consolidação da equipa, já que a maioria das integrantes já trabalham e conhecem a sua filosofia."Vamos dar ênfase aos aspectos defensivos porque se estivermos bem defensivamente  vamos ter meio caminho andado.Temos um défice de altura se nos compararmos com as equipas que vamos encontrar no mundial, por isso, temos que encontrar nos sistemas defensivos um meio para contrapôr aquelas equipas", disse.

A selecção nacional está inserida no grupo B, ao lado da Dinamarca, Holanda, Sérvia, Argentina e Alemanha. A equipa começa a jogar no dia 28, diante da Dinamarca, após  pausa no dia seguinte, defronta a Holanda no dia 30 de Junho.No dia 2 de Julho, Angola mede forças com a Sérvia e no dia seguinte defronta a Argentina para encerrar a primeira fase diante da Alemanha.

Assembleia-geral
Federação apresenta contas

O exercício financeiro de 2013 na Federação Angolana de Andebol vai ser balanceado no dia 30, durante a realização da sua  Assembleia-geral ordinária, marcada para as 9h00 em local ainda por indicar, segundo uma nota daquela instituição, chegada ontem à nossa redacção.Na nota assinada por Teresa Cohen, vice-presidente da mesa da Assembleia-geral consta que a reunião magna começa com um ponto prévio em que deve ser feita a leitura e aprovação da acta da assembleia-geral anterior.

Logo a seguir, entra-se para a apresentação e aprovação do relatório e contas de 2013.Na mesma reunião os associados vão abordar o programa das actividades realizadas em 2013 e calendarizar as actividades para 2014.A última assembleia-geral realizada em 2013, aprovou a inscrição a partir da presente época, de até oito atletas com dupla categoria, contrariamente às quatro que eram permitidas até 2013.

Aprovou também a exigência de apresentação de certificado de aptidão física no acto das inscrições e a alteração de idades para os escalões etários que constavam de uma proposta do Conselho Técnico Desportivo. A categoria de juvenis compreende, agora, atletas com 14, 15, 16 e 17 anos. Os juniores jogam com 18, 19 e 20 anos.Ficou  aprovada  a realização dos campeonatos nacionais de juvenis e juniores por regiões, que  por quotas vão apurar um número máximo de 12 equipas.

Luanda, segundo a decisão aprovada, é zona 1,  deve apresentar quatro equipas em cada um dos escalões. Benguela, corresponde à zona 2 e apura três equipas. Todas as demais zonas apuram um (1) representante. A zona 3 corresponde às províncias de Cabinda e Zaire. Huambo, Kuando Kubango, Bié e Cuanza Sul vão jogar para a zona 4, para apurar um representante. Na zona 5 estão incluídas as províncias do Cuanza Norte, Malanje, Uíge e Bengo. A Lunda Sul, Lunda Norte e Moxico, compreendem a Zona 6, ao passo que a Huila, Namibe e Cunene vão jogar na Zona 7.
  Silva  Cacuti


Outubro
Benguela pode acolher
torneio Silas Silvestre


A direcção da Associação Provincial de Andebol de Benguela (Apandb) tenciona organizar um torneio internacional em Outubro próximo, para homenagear os feitos de Silas Silvestre que em vida contribuiu para o engrandecimento da modalidade nos clubes e nas selecções jovens.De acordo com o presidente da Apandb, Rui Elias Ferreira, a ideia partiu da família do malogrado, pelo que a instituição  vai encarregar-se  do apoio técnico e institucional.

A sociedade benguelense e o governo provincial são chamados a comparticipar no êxito do certame que pode reunir equipas seniores ou selecções jovens de países limítrofes, designadamente, República do Congo e Congo Democrático. “Nos próximos dias vamos apresentar o torneio internacional Silas Silvestre em conferência de imprensa. Por enquanto, estamos a criar condições para a execução do certame. Grande parte da organização,  envolve os aspectos logísticos e alojamento para as equipas convidadas e individualidades afectas à modalidade está sob a responsabilidade da família do malogrado”, revelou o presidente da Associação.
Júlio Gaiano- Benguela