Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Equipas de Benguela fazem hoje estreia nos nacionais

Julio Gaiano,Lobito - 09 de Julho, 2017

O Electro do Lobito joga com o Atlético Sport Aviação

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Casa Pessoal do Porto de Lobito estreia-se hoje, na Cidadela Desportiva, no 38º Campeonato Nacional sénior feminino de andebol diante do 1º de Agosto. Os jogos de campeãs (provincial e nacional) constitui no principal embate do dia. O evento desportivo decorre até o dia 22 do corrente com entradas grátis na primeira fase.

Noutra partida do dia, o Electro do Lobito joga com o Atlético Sport Aviação, com pendor favorável à equipa benguelense. As lobitangas e as aviadoras têm acerto de contas a saldar.As atletas do Grupo Desportivo da Casa do Pessoal do Porto do (CPPL) e o Electro Sport Clube encontram-se na cidade de Luanda, desde sábado último, confiantes e determinadas a realizar boa prestação no certame. As representantes da província de Benguela têm como objectivo a melhoria da classificação da época transacta.

Pelo que foi a prestação das duas equipas benguelenses na competição interna, as esperanças dos benguelenses recaem às portuárias. A tese não é partilhada por Rui Elias Ferreira. O presidente da Associação Provincial de Andebol de Benguela diz acreditar no potencial das duas equipas, porquanto trabalharam para tal desiderato.

As duas equipas trabalharam bem e estão em condições físicas e psicológicas para dignificar o andebol desenvolvido na província, segundo Rui Elias Ferreira.O dirigente desportivo sustenta que o bom desempenho do Grupo Desportivo da Casa do Pessoal do Porto do (CPPL) e do Electro Sport Clube vai resultar do sacrifício de cada atleta. As duas equipas vão enfrentar dificuldades na competição dominada, à partida, pelas anfitriãs.
“Estou certo que o campeonato nacional vai ser renhido.

As nossas representantes realizaram um bom trabalho de casa. Se tudo correr como perspectivado, vamos ter surpresa agradável para o andebol benguelense", disse.A CPPL e o Electro reforçaram os plantéis com jogadoras juniores e podem proporcionar outro dinamismo na forma de jogar e contrariar o favoritismo teórico dos potenciais adversários, segundo Rui Elias Ferreira.


CLASSIFICAÇÃO  
Cuca confiante na melhoria na tabela


Momentos antes de deixar a cidade do Lobito, o técnico principal da Casa do Pessoal do Porto do Lobito (CPPL), Eugénio Nunes “Cuca”, assegurou que a equipa estava em condições de realizar uma boa campanha e superar a quinta posição conseguida na época passada.

“Temos uma equipa melhor rodada que a da época passada. Recrutámos algumas jogadores jovens e com muita vitalidade competitiva. Se, no jogo de estreia, entrarem desinibida, podemos ter bons resultados noutros jogos”, precisou.

A treinadora principal do Electro do Lobito, Teresa Moco, foi mais reservada e garante que está a trabalhar uma equipa muito jovem que precisa de alguma experiência competitiva para pensar alto. Por isso, colocou de parte, a necessidade de se melhorar a sexta posição conseguida na época passada.

“Estamos a fazer a nossa parte, transmitir os conhecimentos que adquirimos enquanto atletas. A equipa é muito nova e, por isso, escusamos falar em altas conquistas. Ainda assim, espero que as atletas mostrem aquilo que sabem e ganhar a experiência competitiva e depois se vê”, frisou.

As representantes benguelenses deixaram a cidade do Lobito nas primeiras horas de sábado, seguindo por estrada numa delegação que contou com a presença de associados e convidados pelas direcções das duas agremiações desportivas.                         
JÚLIO GAIANO