Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Faand projecta terceiro encontro nacional

Silva Cacuti - 09 de Maio, 2013

O encontro nacional do andebol está aberto a todos os agentes da modalidade, com particular realce aos presidentes das associações

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Federação Angolana de Andebol (Faand) anunciou para 31 de Maio, em Luanda, a realização do III encontro nacional de andebol, um espaço de reflexão e debate, que reflecte a preocupação com o melhoramento e desenvolvimento da modalidade no país.

Segundo um comunicado chegado á nossa redacção as associações provinciais devem realizar encontros provinciais e enviarem à Faand as suas recomendações. O encontro nacional do andebol está aberto a todos os agentes da modalidade, com particular realce aos presidentes das associações, presidentes de clubes, ex-praticantes e amigos da modalidade.

No comunicado em referência a federação não aponta a agenda, mas um dos assuntos que poderá dominar o conclave de Luanda será a proposta da comissão técnica nacional para a realização dos campeonatos nacionais de juvenis e juniores em duas fases, sendo a primeira disputada por zonas que vão apurar os seus representantes para a fase nacional.

Esta proposta saiu de uma reunião da comissão técnica nacional e deve ser apresentada à Assembleia-Geral para a sua aprovação.
Recordar que para disputa dos nacionais nos moldes propostos, a comissão técnica nacional que esteve reunida em Fevereiro, constituiu sete zonas.

Luanda é uma zona, que vai apurar 4 representantes na classe feminina e 3 para a prova masculina. Benguela é outra zona que vai apurar no seu campeonato provincial 3 equipas femininas e 2 masculinas. Cabinda e Zaire constituem uma zona que vai apurar um representante em cada classe. 

Huambo, Bié, Kuando Kubango e Kwanza Sul, formam uma zona que apura uma equipa em cada classe tal como as demais zonas. Namibe, Huila e Cunene formam outra zona; Lunda Sul, Lunda Norte e Moxico jogam na mesma zona, ao passo que Kwanza Norte, Malange, Uíge e Bengo jogam noutra zona.

A massificação, metodologia de treinamentos e outros aspectos técnicos podem ainda preencher a agenda do encontro. O I encontro nacional de andebol realizou-se em Janeiro de 2002, ao passo que o segundo teve lugar em Outubro de 2004, ambos sob o mandato de Archer Mangueira. Realizou-se também em 2006, o primeiro encontro nacional de treinadores, que ainda não teve uma segunda edição.
Silva Cacuti

MOXICO
Associação
procura soluções


A Associação Provincial de Andebol do Moxico realiza no sábado, a primeira conferência provincial da modalidade para, entre outros assuntos, analisar o estado do andebol na província e recolher contribuições válidas para dar um novo rumo à prática da modalidade na província.

Segundo o presidente da associação, Carlos Cazungo, o evento com a duração de um dia, prevê a presença de mais de uma centenas de desportistas, vai analisar as propostas das formas de disputas do campeonato nacional da modalidade, o processo de transferência de jogadores entre outros.

No centro dos debates farão parte representes dos clubes, núcleos, ex-praticantes e agentes desportivos de outras modalidades para “nos ajudarem a dar solução ou contribuir com ideias válidas” para o desenvolvimento do andebol na província.

Carlos Cazungo avançou que o certame serve de “balão de ensaio” tendo em vista o encontro nacional da modalidade a decorrer em Luanda, no próximo dia 31 de Maio corrente e que o encontro provincial vai propiciar ideias e propostas “relevantes a serem apresentados no certame de Luanda”.
Daniel Melgas, no Luena

EFEMÉRIDE
Zonal leste saúda
dia do andebol

Um torneio regional leste tem lugar na cidade do Luena, província do Moxico, de 17 a 20 do corrente mês, para saudar o dia nacional do andebol no país (20 de Maio), em que vão participar representantes das províncias do Moxico (anfitriã), Lunda Sul e Lunda Norte.
A informação foi avançada pelo presidente da associação local, Carlos Cazungo, que realçou que o zonal leste serve igualmente de elemento catalisador no processo de massificação da modalidade em curso na província.

Explicou que a presença dos representantes das províncias vizinhas está ainda em negociação, devendo a confirmação surgir nos próximos dias. Moxico, província anfitriã, será representada pelo FC Bravos do Maquis e o Misto do Moxico, sendo que as duas províncias devem trazer igualmente dois representantes, num campeonato em que será disputado no sistema de todos contra todos a uma volta.
D. M