Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

FAAND sonda guarda-redes "alemã"

Silva Cacuti - 11 de Novembro, 2014

A equipa nacional trabalha em sessão bi-diária no recinto do Pavilhão Principal da Cidadela sob orientação do técnico João Florêncio

Fotografia: Rogerio Tuty

A Selecção Nacional sénior feminina de andebol começa hoje a projectar a participação no torneio pré-olímpico, que Luanda acolhe de 16 a 22 do corrente. A equipa nacional trabalha em sessão bi-diária no recinto do Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, sob comando do  técnico João Florêncio.O grupo concentrou-se ontem, às 17h00 na Galeria dos Desportos. Até ao dia 17, com excepção  dos domingos, a Selecção vai trabalhar em Luanda e no dia 19 segue para Portugal,  na região de Gaia, para  cumprir um estágio.

Para o estágio, a Selecção Nacional tem confirmados dois jogos amistosos com a sua similar de Portugal, um jogo com a equipa do Guardés de Espanha e outros com equipas masculinas ainda não designadas.Esta é a segunda vez que o treinador João Florêncio trabalha com o grupo de atletas angolanas, desde que foi indicado para o cargo, em Setembro.O técnico faz ainda um trabalho de prospecção e por isso,  tem um grupo numeroso de atletas à disposição. Para a empreitada foram chamadas 22 atletas que actuam no nosso território, a que se juntam Isabel Guialo e Machado (guardés de Espanha) e outra jogadora angolana que actua na Alemanha.

Das que evoluem em equipas angolanas, foram chamadas: Ngalula Kanka, Inete Simão, Marta dos Santos, Matilde André , Luisa Kiala, Maria Petro, Cristina Branco, Elizabeth Cailo, Rossana Quitongo, Patrícia Barros, Joana Costa, Albertina Cassoma, Lurdes Monteiro, Wuta Dombaxi, Lisandra Salvador, Azenaide Carlos, Iracelma Silva, Isabel Fernandes, Magda Cazanga, Teresa de Almeida, Natália Bernardo e Helga Quimeia.

O torneio pré-olímpico vai apurar o representante do continente africano nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016 e vai ter a participação das quatro primeiras selecções do último campeonato africano disputado na Argélia, ou seja Tunísia, RDC, Angola e Argélia.O andebol feminino angolano busca a  sexta presença consecutiva, em jogos olímpicos.  Na estreia, em Atlanta (1996), Angola conseguiu o sétimo lugar, a melhor classificação até agora. Seguiram-se dois nonos lugares, em 2000 e 2004 e um 12º posto em 2008. Nos Jogos Olímpicos de Londres, 2012, sob orientação de Vivaldo Eduardo, o andebol angolano quedou-se na décima posição.

ANDEBOL
Federação sonda
guarda-redes ‘alemã’


A Selecção Nacional sénior feminina de andebol, que de 19 a 30 do corrente estagia em Gaia, Portugal, pode contar com a integração da guarda-redes Stephanie Lukau, que actua na Alemanha, soube o Jornal dos Desportos de fonte federativa. Lukau, 17 anos, 1,83m de altura, actua na equipa do Buxtehude, da Bundesliga, e é filha de pai angolano.O presidente da Federação Angolana de Andebol (Faand), Pedro Godinho, confirmou a existência de contactos para a atleta integrar o grupo que vai estagiar em Gaia. Isabel Guialo e Juliana Machado, do Guardés de Espanha, também vão integrar a equipa.

"Estamos num ciclo de preparação e ela pode ser uma mais-valia, uma vez que nunca jogou por nenhuma selecção alemã. Demonstra muita vontade e vamos juntá-la ao grupo para ser observada pelo seleccionador", disse.A Selecção Nacional cumpre a partir de hoje sessões de treinos bidiárias na Cidadela Desportiva, visando a preparação do torneio pré-olímpico que o país acolhe em 2015. Angola pretende garantir o passe para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro 2016.Administrativamente, algumas acções já estão a ser realizadas, visando o êxito do torneio. Recentemente, a Faand fez chegar ao secretário de Estado dos Desportos, Albino da Conceição, o caderno de encargos da Confederação Africana de Andebol.