Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Filipe Cruz assume Selecção feminina

Silva Cacuti - 07 de Abril, 2016

Filipe Cruz é primeiro treinador a orientar as selecções sénior e júnior femininas na mesma época desportiva

Fotografia: José Cola

As conquistas dos campeonatos nacional, africano e ainda as vitórias na Taça das Taças e na Supertaça Africana Babacar Fall foram os argumentos que elevaram o técnico angolano Filipe Cruz à categoria de seleccionador nacional sénior feminino, em substituição de João Florêncio, que comandou a equipa no último campeonato mundial disputado na Dinamarca.

 Filipe Cruz foi ontem apresentado em conferência de imprensa realizada na Galeria dos Desportos, em Luanda.O seleccionador nacional vai ter como adjunto o experiente técnico Edgar Neto, que esteve nesta condição no consulado de Vivaldo Eduardo. A selecção nacional sénior feminina de andebol vai preparar-se para marcar a sexta presença em Jogos Olímpicos, em Agosto, no Rio de Janeiro, e participa de 27 de Novembro a sete de Dezembro no XXII Campeonato Africano que o país acolhe em Luanda.

Filipe Cruz é técnico de grau IV da IHF, iniciou-se como desportista na prática do futebol e chegou a ser federado pela equipa de juvenis do Petro de Luanda. Aconselhado, abandonou o futebol e entrou para as equipas jovens de andebol do 1º de Agosto, onde jogou até atingir o escalão de seniores.

Na década de 90, o lateral esquerdo ruma para Portugal onde representou o Belenenses e o ABC, com os quais se sagrou campeão. Enquanto atleta, o treinador teve também passagens pelas equipas espanholas do Almería, Bilbau e Pontevedra. Em 2006, Filipe Cruz regressou a Angola para reforçar o 1º de Agosto. No ano seguinte, actuou como atleta e treinador do emblema militar, para depois assumir unicamente o leme da equipa. Tem vários campeonatos conquistados na classe masculina, exerceu também funções de seleccionador masculino de cadetes, juniores e de seniores. No último Campeonato Africano das Nações, disputado em Argel, conquistou o terceiro lugar.

É o primeiro treinador a orientar a selecção nacional sénior feminina, depois de ter passado pelo mesmo cargo na selecção masculina.De acordo com Pedro Godinho, presidente da Federação Angolana de Andebol, Edgar Neto vai ser ao mesmo tempo técnico da selecção nacional júnior feminina. A equipa nacional júnior feminina joga o Campeonato Mundial em Julho, na Rússia.

Na ocasião, não foi apresentada a equipa técnica da selecção de cadetes, devido às incertezas quanto à participação no Campeonato Mundial aprazado para Julho, devido à situação económica vigente no país.Aliás, pelas mesmas razões, não foi indicada a equipa técnica para a selecção sénior masculina que em Janeiro de 2017  joga o Campeonato Mundial de França.