Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Florncio confirma Didi na Seleco

05 de Fevereiro, 2015

Tcnico Joo Florncio ainda no definiu a data do comeo dos trabalhos de preparao do sete nacional

Fotografia: Nuno Flash

O seleccionador nacional sénior feminino de andebol, João Florêncio, incluiu a central do Petro de Luanda, Delfina Mungongo, entre as 35 atletas convocadas para o preparação da Selecção Nacional, visando o torneio pré-olímpico que Luanda acolhe em Março próximo.

No âmbito da sua preparação para o torneio pré-olímpico a Selecção Nacional de seniores e outra de "esperanças" jogam em Luanda, de 27 do corrente a 1 de Março, para o torneio "Angola 40 anos2, em que são convidadas as selecções do Brasil e de Portugal.

A jogadora, que tem exibições importantes mas discretas no seu clube, consegue, aos 26 anos, vero  seu nome incluído no lote das seleccionáveis pela primeira vez. Sem um passado de selecções, ao que consta  “Didi”, como é tratada de forma carinhosa, esteve uma vez numa pré-convocatória da selecção de juniores, mas nunca actuou com as cores nacionais.

No Petro de Luanda a jogadora  é regular, mesmo num plantel em que sobressaem executantes de luxo na sua posição, como Natália Bernardo. Foi a principal peça que impediu o 1º de Agosto de "roubar" o título da Taça de Angola ao Petro de Luanda, quando apontou dez golos no jogo da final da Taça.

Mas João Florêncio olhou para o plantel petrolífero e "foi às compras".  Chamou  13 jogadoras petrolíferas, dez do 1º de Agosto, cinco do Progresso do Sambizanga, três da Marinha de Guerra e uma do ASA. O seleccionador chamou igualmente a guarda-redes Stephanie Lukau que actua no Buxtehuder da Alemanha.

Curiosamente o treinador deixou de fora as angolanas que jogam em Espanha, casos de Isabel Guialo, Liliana Venâncio, Teresa Leite e Juliana Machado. Se as vai incluir numa fase posterior da preparação, ou estão descartadas do pré-olímpico, só o treinador sabe.

Quem está mesmo  fora do baralho é Magda Cazanga, jogadora do Petro de Luanda que foi submetida a uma intervenção cirúrgica e só deve reaparecer daqui a cerca de seis meses.

Isabel Fernandes, Nair Almeida, Elzira Barros, começam também a constar já do passado da Selecção Nacional.