Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Hepta campeãs africanas seguem hoje para o Brasil

19 de Julho, 2013

Equipa nacional que está enquadrada no grupo C do Campeonato do Mundo efctua em Brasília jogos com a congénere brasileira com vista a apurar a vertente técnica e táctica

Fotografia: José Cola


A Selecção Nacional sénior feminina de andebol segue hoje para o Brasil, onde fará três jogos preparatórios contra a congénere brasileira, tendo em vista a sua participação no campeonato mundial da Sérvia, a decorrer de 5 a 22 de Dezembro próximo.

A equipa nacional efectuou um jogo amigável ontem à noite frente à selecção de cadetes, no campo do Catetão, em Luanda. Após três semanas de preparação, as atletas comandadas por Vivaldo Eduardo disputam, de 22 a 27 do corrente, três confrontos, com vista a atingir a coesão para lutar de igual para igual com as adversárias no Mundial (série C), nomeadamente a Noruega (campeã em título), Espanha, Argentina, Polónia e Paraguai.

Estão ao serviço da selecção nacional Matilde André, Isabel Bernardo, Magda Cazanga, Acilene Sebastião, Sílvia Mulabo, Teresa Almeida, Anastácia Sibo, Iracelma Silva e Natália Bernardo (Petro de Luanda), Isabel Guialo, Rosssana Quitongo, Marta Alberto, Albertina Kassoma, Utah Dombanche, Carolina Morais (1º de Agosto) e Lizandra Salvador (Marinha de Guerra).

ÙGE
Árbitros e técnicos recebem formação

Um seminário frequentado por 20 treinadores e 10 árbitros de andebol encerra amanhã na direcção provincial da Juventude e Desportos da província do Uíge.

A acção formativa que visa contribuir para o desenvolvimento da modalidade na província do Uíge é uma iniciativa da Federação Angolana de Andebol (FAAND), em colaboração com a Associação Provincial dos Desportos Colectivos, instituição que coordena as modalidades de andebol, basquetebol, hóquei em patins e voleibol na província.

O director provincial da Juventude e Desportos do Uíge, Júnior Kudimuena, disse na abertura do seminário que o governo local está cada vez mais interessado na massificação do desporto na província.

Júnior Kudimuena acrescentou que a necessidade de massificar o desporto nas diversas modalidades no Uíge é um objectivo recomendado pela última Conferência Provincial do Desporto.
De acordo com o responsável do desporto, a falta de infra-estruturas desportivas é um dos factores que condiciona a massificação.

Júnior Kudimuena disse que o governo provincial reconhece as dificuldades que os clubes enfrentam em termos de infra-estruturas, mas garantiu que algumas acções estão em curso com vista à construção de novas e recuperação das existentes.
O presidente da Associação Provincial dos Desportos Colectivos no Uíge, José Bule, defendeu a necessidade dos técnicos e árbitros aprimorarem continuamente os seus conhecimentos sobre as regras do andebol.

O dirigente assegurou que a formação de treinadores e árbitros da província marca o início de uma nova era no desenvolvimento da modalidade na província.
José Bule solicitou maior apoio da Federação Angolana de Andebol (FAAND), do governo provincial e de outras instituições na aquisição de material.

Durante cinco dias, os participantes debatem vários temas, ligados à arbitragem e ao treinamento.
Moniz Muquebele|Uíge