Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Militares acumulam trofus

Silva Cacuti - 12 de Novembro, 2018

Clube central das Foras Armadas Angolanas superou de forma a tangente as petrolferas

Fotografia: Kindala Manuel | Edies Novembro

A época andebolística angolana fechou oficialmente com a disputa da final da Taça de Angola no sector feminino, partida em que Petro de Luanda e 1º de Agosto, mais uma vez, mostraram as razões de serem as melhores equipas da actualidade no continente.
O 1º de Agosto, equipa afecta às forças Armadas Angolanas, venceu (22-21) e ergueu o troféu, depois de, por culpa própria, viver sufoco nos instantes finais da partida.
É a segunda prova que conquista, depois de ter arrebatado o título do campeonato provincial. Internamente, as militares perderam para a mesma adversária a Supertaça Francisco de Almeida e o campeonato nacional. Nas competições africanas o 1º de Agosto conquistou, recentemente em Abidjan, a Taça dos Clubes Campeões; enquanto o Petro de Luanda conquistou a Taça das Taças na cidade do Cairo, prova disputada no mês de Abril.
A final da Taça de Angola terá sido o jogo mais disputado de todas as finais que ambas equipas monopolizaram desta época e a diferença mínima, no marcador, fala do que se passou na quadra de jogo.
O Petro \"atrasou-se\" a entrar para o jogo. Aos cinco minutos tinha concretizado apenas um golo, contra três das adversárias. Vivaldo Eduardo \"esbanjou\" um dos desconto de tempo que dispunha, para chamar as meninas para o jogo e, quando o fizeram, empataram a partida aos 13 minutos. Daí em diante, a equipa de Morten Soubak assumiu a dianteira, mas com diferencial de um a dois golos, até que nos últimos dois minutos, aproveitando bem as falhas técnicas do Petro de Luanda, construiu nova vantagem de três golos, 12-9, com que se chegou ao intervalo.
O Pavilhão principal da Cidadela estava com \"boa casa\" e ruidoso. Ana Paula do Sacramento Neto, ministra da Juventude e Desportos e os presidentes das duas agremiações em campo, eram os VIPs.
O intervalo fez bem ao Petro que, aos 34 minutos, encostou no marcador, 13-12. A última vantagem de três golos no marcador registou-se aos 40 minutos, quando o 1º de Agosto vencia por 16-13. A única e efémera vantagem no marcador, por parte do Petro, aconteceu aos 51 minutos, 18-19, mas durou apenas os segundos do contra-ataque militar, que igualou o jogo. Aos 59 minutos, a partida estava empatada a 21 golos e as petrolíferas detinham a posse da bola e tudo para revalidar do título da Taça de Angola. A ansiedade traiu as pupilas de Vivaldo Eduardo e abordaram  com prodigalidade a jogada. Ao ganharem a posse da bola, as comandadas de Morten Soubak mostraram como é que se faz.
Helena Paulo, com oito golos, foi a melhor marcadora. Escurinho António e Tomás Tchitangui, a dupla de árbitros internacionais, estiveram irrepreensíveis.
Edgar Neto reconheceu a superioridade do 1º de Agosto, enquanto Morten Soubak admitiu que sofreu para ganhar.


Reconhecimento
Associação de Luanda
distingue melhores árbitros


A dupla Ventura Bernardo e Manuel Garcia, de categoria provincial, foi distinguida como a melhor ao longo das provas realizadas apela Associação Provincial de Andebol de Luanda (Apal). A distinção ocorreu ontem, à margem da disputa das finais dos campeonatos provinciais de juniores, jogadas no campo do Clube Ferroviário de Luanda.
Os árbitros foram agraciados com aparelhos sonoros, no âmbito da parceria entre a Apal e a empresa Angomart, que associou o seu nome às provas provinciais.
Além da melhor dupla e da atribuição dos troféus aos campeões provinciais, a Apal realizou também homenagens a treinadores e clubes, em reconhecimento ao seu empenho em prol do desenvolvimento da modalidade em Luanda.
Foram homenageados os treinadores Moisés Correia, José Nóbrega, Edgar Neto, José Júnior, Jorge Quitanda, José Nascimento, Alexandre Machado, Vivaldo Eduardo, Moisés Miguel, Manuel Congol, Manuel Olim, Carlos Correia, Josué Domingos, Joaquim João, Nelson Catito e António Ferreira \"Mascote\". O Progresso do Sambizanga, Sporting, Petro, 1º de Agosto, Ferroviário, O Maculusso, ASA, Visa, Interclube, Banca e a Rádio 5; são as instituições homenageadas e brindadas com diplomas de mérito.