Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Missão olímpica recebe cumprimentos de despedida

Silva Cacuti - 21 de Julho, 2016

Andebol feminino e vela da classe 470 especialidades colectivas da missão

Fotografia: Paulo Mulaza

A missão olímpica angolana aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, recebe amanhã cumprimentos de despedida do povo angolano, em cerimónia a ser presidida pelo Vice-Presidente da República, Manuel Vicente. A cerimónia realiza-se a partir das 10h00 no Cine Tropical.

Durante o acto vai registar-se a simbólica entrega da bandeira da República à missão. Além dos 53 membros, presenciam a cerimónia, membros do Governo, dirigentes desportivos, jornalistas ao evento, e outros convidados.

A cerimónia não conta com a presença de Mário Rosa, vice-presidente do Comité Olímpico e chefe da missão. Mário Rosa segue hoje a frente de outros elementos da missão, para averiguar as condições de instalação da missão angolana.

Dos 53 elementos da delegação, 25 são atletas. O andebol feminino e a vela da classe 470, são as especialidades colectivas da representação angolana. Ambas, vão aos jogos olímpicos, por apuramento directo. Também,  por via do apuramento directo, está o judo, remo, e o nadador Pedro Pinotes. O atirador Paulo Silva e o velejador Manuel Lelo têm presença no Rio de Janeiro, por via do "wild card", enquanto a nadadora Ana Nóbrega e os dois velocistas do atletismo, participam no âmbito da sua universalidade.

A missão angolana, pela primeira vez, desde Barcelona 1992, não conta com a presença do basquetebol. A modalidade vai estar representada por um árbitro, Carlos Júlio, que foi indicado para apitar no torneio olímpico.

BRONZE NA CPLP
GALVANIZA VELOCISTA


A cumprir a fase derradeira da preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o jovem velocista Hermenegildo Leite, logrou a conquista da medalha de bronze dos 100 metros, do torneio dos jogos da CPLP, que decorrem na Ilha de Sal. O feito galvaniza o atleta que representa o país no Rio2016, no âmbito da universalidade dos jogos, defendeu Arménio Gaspar, director técnico da Federação Angolana de Atletismo.

O técnico  acompanha a preparação do atleta, em Luanda até 31 do corrente, data prevista para o embarque, disse que o atleta, de 16 anos, está motivado.
"Na prática, ele não tem muito mais a fazer. Ele está motivado devido a medalha alcançada na CPLP, é a prova que dá indicadores do seu actual estado. Vamos acompanhar a execução do plano de treinos do treinador até à partida, mas esta medalha é muito importante nesta fase para ele", disse o treinador.
Hermenegildo Leite é atleta do 1º de Maio de Benguela.

LILIANA NETO CORRE
MUNDIAL DA POLÓNIA

A velocista angolana Liliana Neto, que com Hermenegildo Leite, vai ao Rio2016 por via da universalidade de jogos, compete no campeonato do mundo de sub20, que decorre na Polónia, até ao próximo dia 24 do corrente.

De acordo com Arménio Gaspar, a participação da atleta permite também aquilatar o actual momento da angolana, que actua no Sport Lisboa e Benfica.