Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Mortem Soubak convoca Pérolas

Silva Cacuti - 14 de Novembro, 2017

A equipa tem a segunda sessão do dia prevista para as 17H00, no mesmo local

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional sénior feminina de andebol, vulgarmente conhecida por \"Pérolas\" começam hoje, às 9H00, no Pavilhão Principal da Cidadela Desportiva, o derradeiro ciclo de preparação para o Campeonato do Mundo da Alemanha, aprazado para 2 a 20 do corrente. A equipa tem a segunda sessão do dia prevista para as 17H00, no mesmo local.
Vilma da Silva, ponta direita, da equipa da Marinha de Guerra, foi convocada pela primeira vez, por Mortem Soubak, no primeiro ciclo de treinamento que culminou com um estágio em Gaia, Portugal. Esteve ausente nas convocatórias subsequentes.
A jogadora vem da selecção de juniores, não esteve nas anteriores convocatórias e tem garantida presença no mundial, uma vez que Mortem Soubak trabalha com grupo definitivo de 16 atletas.
Helena Paulo \"Gilda\" é outra jogadora que chegou, viu e venceu. A jogadora do 1º de Agosto junta-se a Manuela Paulino, Natália Camalandua, Ríssia Oliveira  e Dalva Peres  que fecham o \"grupo\" de estreantes em campeonatos do mundo de seniores. Outras convocadas são as habituais Teresa Almeida \"Bá\", Cristina Branco, Janeth dos Santos, Magda Cazanga, Isabel Guialo, Vilma Nenganga, Azenaide Carlos, Juliana Machado, Iracelma Silva. Deste conjunto Iracelma Silva não esteve no mundial de 2015, na Dinamarca, mas esteve na Sérvia, 2013.
Morten Soubak e seu adjunto, Alex Aprille, estiveram nos últimos campeonatos mundiais à frente da selecção do Brasil, com a qual se sagraram campeões em 2013.
Dez atletas, nomeadamente Lurdes Monteiro, Luísa Kiala, Wuta Dombaxi, Elisabeth Cailo, Matilde André, Marta dos Santos, Elisabeth Viegas , Liliana Venâncio, Ivete Simão e Natália Bernardo; foram retiradas do grupo que esteve no último mundial. A Selecção Nacional trabalha em sessões bi-diárias até na próxima sexta-feira e, no sábado segue para Portugal, onde, no centro de alto rendimento do Rio Maior estagia até 23 do corrente. Durante o estágio a equipa nacional vai realizar dois jogos com a congénere portuguesa e, depois ruma para a França, onde em uma semana de estágio também prevê disputar dois jogos com a selecção local, antes de partir para o palco do mundial.
Portugal não conseguiu entrar no \"play-off\" do apuramento para o mundial da Alemanha, enquanto a França foi terceira classificada do mundial disputado na Dinamarca, em 2015. Angola vai jogar a primeira fase na cidade de Trier, inserida no grupo A, ao lado da Espanha, Roménia, Paraguai, França e Eslovénia.