Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petro analisa castigo da CAHB

26 de Abril, 2015

Os petrolíferos vivem uma fase de reestruturação administrativa e financeira que obriga a equipa a redução de gastos

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Petro de Luanda vai analisar em reunião de direcção o castigo a que foi submetido depois de falhar a disputa da 31ª edição da Taça das Taças, agendada para 15 a 25 de Maio, em Libreville, Gabão, onde a equipa angolana devia marcar presença para defender o título em sua posse.Segundo Manecas Madeira, membro da direcção tricolor, a equipa já foi notificada, “mas é prematuro falar de uma reacção”. “Vamos analisar este assunto em reunião de conselho de direcção, entregar o assunto aos nossos juristas e depois ver o que se pode fazer”, disse.

A CAHB confirmou, através de um comunicado  o castigo à Federação Angolana de Andebol pela ausência da equipa sénior feminina de andebol do Petro de Luanda na 31ª edição da Taça das Taças.No documento, a CAHB cobra uma multa de 10 mil euros à FAAND e suspende a participação da equipa do Petro de Luanda na próxima edição da prova continental e responsabiliza o Petro de Luanda pela colocação do troféu em sua posse no palco da competição.

O Petro estreou-se na prova em 2008 e venceu todas as edições, mas este ano abdicou de participar por dificuldades financeiras. A equipa vai a Libreville, apenas, para a disputa da Supertaça Babacar Faal, em que terá pela frente o 1º de Agosto.Os petrolíferos vivem uma fase de reestruturação administrativa e financeira que obriga a equipa a redução de gastos.

O Progresso do Sambizanga e o 1º de Agosto serão os representantes angolanos na competição. As sambilas jogam a prova pela segunda vez, enquanto as militares fazem a sua estreia na competição.A equipa militar está inserida no grupo B com o Fap dos Camarões, finalista desta competição no ano passado, Etoile do Congo, Saltigue do Senegal e o África Sport de Abidjan, da Costa do Marfim.O Progresso do Sambizanga vai jogar no grupo A, onde tem como principal adversário o Abo Sport do Congo, equipa que venceu na definição do terceiro lugar na última edição. Constam ainda do grupo o Phoenix do Gabão, o Heritage da RDC e o TKC dos Camarões.