Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Petro e D`Agosto na final da Taa

10 de Novembro, 2018

Final continental volta ao Pavilho Principal da Cidadela Desportiva

Fotografia: Jornal dos Desportos

As equipas seniores femininas de andebol do Petro de Luanda e do 1º de Agosto disputam hoje, às 18H00, na Cidadela Desportiva, a final da Taça de Angola. O jogo enquadra-se nos festejos do 43º aniversário da Independência Nacional, que amanhã se assinala em todo o país.
A Federação Angolana de Andebol (Faand) garante ter assegurado todos os aspectos, tantos de ordem técnica, como logística.
Entre os adeptos, a partida é aguardada com expectativa, pois vai ser uma amostra, embora sem alguns ingredientes, da final da Taça dos Clubes Campeões Africanos vencida (25-21), pela equipa agostina, afecta às forças Armadas Angolana, em Abidjan, Costa do Marfim.
A ausência, da parte do Petro, da Pivot Edith Bunga, da guarda-redes Aminata Kanka, da meia-distância Manuela Paulino,  e da ponta Delfina são os ingredientes a menos, se compararmos com o jogo disputado em Abidjam. As jogadoras não estão inscritas, para as competições internas desta época.
Ver a \"regressada\" Natália Bernardo diante do Petro de Luanda, depois de duas épocas de ausência, é outro atractivo da final, que entra nas contas dos adeptos do andebol. O Petro, de Vivaldo Eduardo, é detentor do troféu e vem à final em desvantagem, pelo menos, em termos anímicos, dado o recente resultado na tentativa de recuperação do título continental.
A motivação é o principal capital que Morten Soubak, treinador militar, traz para esta final. O dinamarquês tem colhido frutos do investimento feito na contratação da guarda-redes cubana Eneleidys Lioveras, que tem dado segurança ao último reduto defensivo da sua equipa.
Vivaldo Eduardo e Morten Soubak conhecem-se da melhor forma e sabem que não há favoritismos. É preciso que as atletas destilem o que melhor sabem fazer. Para chegarem a final, Soubak teve um melhor percurso. Sem grandes dificuldades, despachou o ASA por 30-17, na primeira \"mão\", e 24-10, na segunda.
O Petro de Luanda teve mais dificuldades na primeira \"mão\" (29-27), que na segunda, em que venceu a Marinha de Guerra por confortáveis 22-16.
No ano passado, o Petro venceu o rival por 19-16 e ergueu o troféu da Taça de Angola.

Divulgação
Soubak ultima convocatória


Atento à participação angolana no 23º Campeonato Africano das Nações em andebol sénior feminino, a disputar-se em Brazzaville, República do Congo, de 2 a 18 de Dezembro, o seleccionador nacional sénior feminino, Morten Soubak, vai olhar com atenção, as estatísticas desta final da Taça de Angola, para eventuais alterações à convocatória da selecção, a ser divulgada na próxima segunda-feira, segundo fontes da Federação Angolana de Andebol.
O provável regresso da polivalente Natália Bernardo, que recentemente sagrou-se campeã continental pelo 1º de Agosto, é um dos motivos que anima a convocatória das \"Pérolas\".
O 1º de Agosto poderá liderar as escolhas do treinador, no número de atletas. Angola vai a Brazzaville em busca do 13º título continental da categoria.