Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Polcias perdem com Sporting de Alexandria

Silva Cacuti - 05 de Outubro, 2019

Polcias jogam hoje com bi-campeo cabo-verdiano Atltico de Mindelo

Fotografia: Edies Novembro

A equipa sénior masculina do Interclube começou com derrota a participação na 41ª primeira edição da Taça dos Clubes Campeões Africanos ao consentir 25-34 diante do Sporting de Alexandria, Egipto, na abertura do grupo preliminar A da competição. O jogo disputou-se no pavilhão Vavá Duarte, da cidade da Praia, Cabo Verde. Ao intervalo, os polícias já perdiam por 13-17.
Era o jogo mais esperado do grupo e o que se perspectivava de maior dificuldade para o emblema angolano. O conjunto angolano regressou à competição, depois de lá ter estado pela última vez em 2010. Na sua última passagem pela competição continental, os polícia, na altura comandados por Tony Costa, quedaram-se na sexta posição.
O emblema angolano tem hoje um jogo menos intenso em perspectiva diante do Atlético de Mindelo, bi-campeão cabo-verdiano. A partida é referente à segunda jornada do grupo preliminar A.
A menor intensidade, que se prevê, tem a ver com o facto de Cabo Verde não ser um país com grandes pergaminhos na modalidade. Aliás, a realização da competição no seu território tem o condão de relançar oa andebol.
Aquilino Fortes, treinador do Atlético, não esconde que "o objectivo da equipa passa por ganhar experiência e tentar resultados equilibrados\". Mas se alguém ousar menosprezar, pode ser surpreendido.
José Pereira Kidó, comandante do Interclube, campeão nacional, vai aproveitar o jogo para ensaiar as partidas seguintes, que se esperam de maior grau de dificuldade. Amanhã, vai defrontar o Red Star da Costa do Marfim e, na terça-feira, mede forças com o JSK da RDC.

SENHORAS ENTRAM
EM CENA AMANHÃ

O perfume do melhor andebol feminino do continente, já qualificado para os Jogos Olímpicos de Tóquio\'2020, vai encantar amanhã a cidade da Praia, capital cabo-verdiana, quando as equipas angolanas, mormente o Petro de Luanda e o 1º de Agosto, entrarem em cena na 41ª edição da Taça dos Clubes Campeões que decorre desde a última sexta-feira.
As agostinas, detentoras do troféu continental, vão ser as primeiras a entrar em cena às 14h00, no pavilhão Vavá Duarte, para defrontar o FAP dos Camarões, equipa homóloga afecta às Forças Armadas Camaronesas. Embora seja fora de Angola, a equipa com melhor endurance para oferecer resistência aos emblemas, o historial dos últimos confrontos faz adivinhar a vitória folgada para as militares de Morte Souback. Em 2018, para a meia-final da Taça dos Clubes Campeões, as camaronesas foram goleadas por 26-17.
O Petro de Luanda joga duas horas mais tarde no mesmo recinto para baptizar o Evabuka do Congo, numa partida em que, em princípio, deve jogar tranquilo e sem grandes preocupações.
Vivaldo Eduardo pode aproveitar para dar tempo de jogo às novas aquisições a ver o quanto valem. O Petro de Luanda lança neste torneio três jogadoras novas, mormente, a guarda-redes russa Viktoriya PolshiKova, a polivalente congolesa Suzanne Mambou e a meia-distância angolana Sara Mendes que actuava pelo Electro do Lobito.