Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Seleco enfrenta a Espanha

Silva Cacuti - 22 de Junho, 2013

Meia distncia Marcelina Kiala pode regressar ao sete nacional depois de ter falhado o torneio das quatro naes

Fotografia: Jornal dos Desportos

O Selecção Nacional sénior feminino de andebol vai efectuar um novo jogo diante da congénere de Espanha, antes de se defrontarem oficialmente para o grupo C da fase preliminar do Campeonato do Mundo que este ano se disputa na Sérvia.

Ambas equipas foram convidadas pela confederação brasileira de andebol para o torneio das quatro nações que se realiza em Brasília, Brasil, de 20 a 27 de Julho.

Vai ser a segunda vez, num intervalo de pouco mais de 60 dias que as duas equipas se defrontam, depois da vitória angolana, 22-21, no torneio das quatro nações realizado em Seul, Coreia do Sul. As angolanas venceram as espanholas no dia 22 de Maio, na abertura do torneio.

Ambas equipas estão perfiladas no grupo C da fase preliminar do Campeonato do Mundo, a decorrer de 7 a 22 de Dezembro na Sérvia. António Santos “Sales” director executivo da Federação Angolana de Andebol (Faand) confirmou a presença da Selecção Nacional no torneio.


“Fomos efectivamente convidados para o torneio em que além do Brasil vão jogar também as selecções da Rússia e da Espanha. A nossa equipa técnica vai começar a projectar a participação neste torneio depois dos campeonatos nacionais”, disse.

No torneio de Seul a Selecção Nacional defrontou igualmente a congénere a Rússia, com a qual perdeu por 20-28. O torneio do Brasil é o segundo em que a selecção participa, no quadro da sua preparação para o Campeonato do Mundo da Sérvia, onde o objectivo é melhorar a oitava posição conseguida no campeonato de 2011, no Brasil.

A Selecção Nacional pode apresentar-se no torneio reforçada, com as prováveis integrações de Nair Almeida e Elzira Tavares, que estiveram indisponíveis aquando do torneio de Seul e a, também provável, integração de Marcelina Kiala que regressou às quadras depois de ausente em todo o início da época desportiva.

Em declarações recentes, Pedro Godinho, presidente da Federação Angolana de Andebol considerou que a Selecção Nacional tem capacidade para passar aos quartos-de- final do mundial.

"Tenho que reconhecer que, a excepção da Noruega, campeã em título, e a grande surpresa que tem sido a Polónia, temos equipa suficiente para passar aos quartos-de-final”, frisou.