Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Senhoras têm programa refeito

Silva Cacuti - 26 de Novembro, 2013

Selecção Nacional mantém objectivo para o Campeonato do Mundo da Sérvia onde a meta passa pela melhoria da classificação passada

Fotografia: Jornal dos Desportos

A Selecção Nacional Sénior Feminino de Andebol defronta a selecção de França a 3 de Dezembro próximo, no quadro do novo programa de preparação que visa a presença no Campeonato do Mundo da Sérvia, informou ontem Pedro Godinho, presidente da Federação Angolana de Andebol (Faand).O responsável da Faand disse, que na sequência do percalço criado com a ausência de vistos para a equipa, que devia disputar dois jogos na Hungria, o novo programa de preparação repõe o número de jogos que a equipa nacional pretendia disputar.

«Assumimos, que perdemos dois jogos, que deviam ser efectuados na Hungria e fomos obrigados a reformular o programa de preparação da nossa selecção, manter quase o mesmo número de jogos que incluía o programa anterior. Em vez do jogo com o Brasil vamos defrontar a França, no dia 3 de Dezembro. A selecção vai participar em um torneio de 29 do corrente a 1 de Dezembro, no qual estão confirmadas as equipas da Croácia, da Sérvia e, ainda aguardamos a confirmação dos organizadores, a Tunísia ou a Eslovénia. Depois, no dia 4 de Dezembro vamos à Roménia para defrontar a selecção local», explicou.

Pedro Godinho lamenta a situação criada «por um funcionário da embaixada angolana na Sérvia, encarregue de tratar a questão dos vistos para a selecção, mas que acabou por vir a Angola sem deixar ninguém para dar continuidade ao processo».O presidente da federação disse, que a entidade responsável por assegurar o estágio da selecção, na impossibilidade de ir para a Hungria, alojou a equipa na Sérvia arranjou um recinto de treino.

Entretanto, o seleccionador nacional disse ontem ao Jornal dos Desportos que acompanhou todos os esforços da direcção da federação e colaborou com esta para que a Selecção Nacional tivesse um plano B. Vivaldo Eduardo considerou como normal a situação burocrática vivida pelo grupo, que vai continuar a «trabalhar com o mesmo espírito de luta e abnegação para representar condignamente as cores da Bandeira Nacional». Recordar, que com a nova programação a Selecção Nacional pode efectuar todos os jogos de controlo já com a integração de Natália Bernardo, Maria Pedro, Albertina Cassoma e Marta dos Santos, que tinham ficado em Luanda por razões académicas e pessoais.

A Selecção Nacional vai jogar a primeira fase do mundial inserido no grupo C, cuja sede é a cidade de Zrejanin. Integram o grupo C as selecções de Angola, Espanha, Noruega, Argentina Paraguai e Polónia.O grupo A é composto pelas selecções de Montenegro, Holanda, França, Coreia do Sul, Congo Democrático e República Dominicana. As equipas da Dinamarca, Brasil, Sérvia, China, Japão e Argélia jogam no grupo B, ao passo que o grupo D é composto pelas selecções da Hungria, Alemanha, Roménia, República Checa, Tunísia e Austrália.

Calendário
Associação de Luanda
prepara “nacionais”

A Associação Provincial de Andebol de Luanda (APAL) está empenhada na preparação dos campeonatos nacionais de juvenis e juniores, recentemente atribuídos a Luanda, em detrimento da cidade do Namibe, que tinha apresentado candidatura para acolher as provas de juniores.
António Custódio, presidente da APAL, disse que desde que a Federação solicitou que Luanda acolhesse a prova estão a ser feitos contactos para que a mesma decorra sem sobressaltos.
“Estamos a trabalhar para que estas provas decorram sem qualquer sobressalto. Temos mantido contactos com algumas unidades hoteleiras para conseguir preços especiais que favoreçam as equipas que vêm para as provas”, disse.
António Custódio admitiu que o seu elenco não tem experiência na realização de provas, mas acredita que vai estar à altura para que tecnicamente a prova tenha níveis aceitáveis.
“Estes campeonatos vão ter lugar no Complexo da Cidadela, onde vamos utilizar o pavilhão principal e o anexo”, garantiu.
Luanda não recebe provas nacionais desde 2011, quando acolheu pela última vez um campeonato de juvenis.
No que toca a confirmações, a prova de Luanda pode ser marcada pelo regresso do Uíge às competições nacionais, segundo recentes declarações de José Bule, presidente da Associação de Andebol daquela província. José Bule disse que o Uíge vai fazer tudo para estar nos campeonatos com uma equipa masculina e outra feminina.
Luanda vai acolher a prova de juniores, entre 18 a 30 de Janeiro e, antes, de 5 a 16 do mesmo mês, vai organizar a prova de juvenis, em ambos os sexos.
Para os campeonatos de juvenis a data limite para confirmação dos clubes e inscrições de atletas é o dia 5 de Dezembro. O sorteio dos campeonatos é realizado na sede da FAAND, no dia 4 de Janeiro.     SC