Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

Treinadores debatem qualidade técnica

19 de Maio, 2017

Filipe Cruz andebol estará em debate

Fotografia: Paulo Mulaza! Edições Novembro

A qualidade técnica para a melhoria do andebol nacional estará em debate durante dois dias, em Luanda, numa iniciativa da Federação Angolana de Andebol (FAAND).

O evento a decorrer nas instalações do Comité Paralímpico Angolano, está enquadrado nas festividades do dia nacional do andebol, que se assinala amanhã, sábado, dia 20, e terá como dois oradores principais os treinadores Filipe Cruz e Mourten Soubak.

A Angop apurou que, num evento coordenado por Vivaldo Eduardo, coordenador técnico da Federação, o primeiro será dedicado às estratégias pedagógicas, para reduzir o número de erros técnicos das equipas, tendo como prelector Filipe Cruz.

Mourten Soubak vai abordar a definição de categorias de competição com diferença de dois anos, enquanto o também treinador Pina de Almeida abordara a competição internamente com as mesmas idades estipuladas internacionalmente.

No mesmo dia mas no período da tarde, o treinador Júlio Caxito vai debruçar-se sobre a promoção e evolução técnica, táctica e física individual dos jogadores.

No último dia de trabalho, as equipas vão ser divididas em grupo, onde no final será produzido um relatório. A realização regular de seminários para treinadores, árbitros e massagistas é uma das apostas do elenco directivo da Federação Angolana de Andebol, durante o seu mandato que termina em 2020.

A 20 de Maio de 1974, um grupo de homens decidiu massificar o andebol no território que hoje dá lugar a República de Angola. Face à demanda de potenciais atletas, a 17 de Outubro de 1974 foi constituída a Federação Angolana de Andebol, a mais antiga do país.