Jornal dos Desportos

Director: Matias Adriano
Director Adjunto: Policarpo da Rosa
Modalidades

1 de Agosto regressa s vitrias

14 de Maio, 2014

Armando Costa finaliza mais uma ataque militar ante a presena do poste portugus

Fotografia: Jos Soares

Sem o extremo base, Cedrick Ison, norte-americano de nacionalidade, a formao do 1 de Agosto recebeu e venceu ontem, no Pavilho Victorino Cunha, o Grupo Desportivo Interclube, por 89-69, desafio pontuvel para a segunda jornada da terceira volta, oitava na geral, da "Final Four", colocando um ponto final ao ciclo de duas derrotas consecutivas.

Desprovido de uma das suas principais unidades, que diga-se, tem estado muito distante das suas reais capacidades na presente poca desportiva, a equipa militar no teve dificuldades em vergar o seu opositor que j est fora da corrida do ttulo da 36 edio do Campeonato Nacional de basquetebol em seniores masculinos, vulgo BAI Basket.

Bastante pressionado, em face das duas derrotas que sofreu nas duas jornadas anteriores, o Clube Central das Foras Armadas Angolanas entrou com algum nervosismo, o que permitiu o seu adversrio liderar o marcador nos minutos iniciais do primeiro perodo. Com o internacional angolano, Armando Costa, em grande destaque, principalmente, nos lanamentos longa distncia, a equipa rubro e negra anulou a vantageme passou a liderar o marcador e ao cabo dos primeiros 24 minutos, os comandados de Paulo Macedo venciam j por 45-34.

Os militares que estavam proibidos de perder nesta ronda, voltaram a superiorizar-se no terceiro quarto, ante um Interclube que se mostrava bastante aptico. A equipa militar conseguiu um parcial de 23-15, o que perfez 68-45 ao cabo do terceiro quarto. Com uma vantagem confortvel de 19 pontos (68-49), a equipa rubro e negra limitou-se a aumentar a vantagem e a passagem do minuto nove, o marcador assinalava j 84-65.

Ante o domnio da equipa militar, o tcnico Paulo Macedo aproveitou para colocar os jogadores menos utilizados, tendo em vista o desafio de amanh, frente ao arqui-rival, Atltico Petrleos de Luanda. No final da partida, Alberto Babo (Interclube), reconheceu a superioridade do seu adversrio, tendo prometido mais atitude nos prximos desafios. Por seu lado, Paulo Macedo afirmou que a vitria vai galvanizar o grupo que amanh vai ter um desafio de capital importncia, frente aos petrolferos da capital, no Pavilho Victorino Cunha.

LIBOLO VULGARIZA
PETRO DE LUANDA

Numa partida jogada sob o signo de equilbrio, fundamentalmente, nos dois primeiros perodos, onde as duas equipas exibiram-se ao mais alto nvel, foi mais forte a formao do Recreativo do Libolo nos quartos subsequentes, vergando o seu opositor por expressivos 121-90, em partida que marcou o enceramento da segunda jornada da terceira volta da "Final Four".

Com este triunfo, os libolenses continuam imparveis na 36 edio do BAI Basket, ao passo que os petrolferos da capital disseram praticamente adeus ao ttulo. Apesar da vitria, as duas equipas proporcionaram um bom espectculo da "bola ao cesto" e ao cabo dos primeiros 24 minutos j tinham marcado mais de cem pontos (51-57).

No terceiro perodo, os petrolferos da capital acabaram por ser vulgarizados, com os irmos Morais a proporcionarem um festival de triplos. Norberto Alves aproveitou para fazer descansar as suas principais unidades. Libolo continua no topo da tabela classificativa, agora com 15 pontos, contra 13 do 1 de Agosto, no segundo lugar. Atltico Petrleos de Luanda e Interclube ocupam os ltimos lugares da classificao, com 11 e nove pontos respectivamente.

Nacional feminino
Misto da Hula intensifica preparao

O Misto da Hula em basquetebol snior feminino intensificou a sua preparao com vista o Campeonato Nacional da "bola ao cesto" e a Taa de Angola, competies que vo ser disputadas de 21 a 30 do ms em curso, na provncia de Benguela. Aspectos tcnicos individuais combinados com a insistncia no contra-ataque em virtude da equipa ser formada por atletas de baixa estrutura, dominam as sesses de treino orientadas por Francisco Paulo Tchamwanga.

Estamos a insistir mais no contra-ataque porque a nossa equipa baixa, o que bom para as nossas atletas correrem mais para tentar durante o jogo tirar vantagem ofensiva, assegurou. O tcnico afirmou que as atletas tm conscincia disso. Por isso, acredita que vo conseguir fazer uma boa participao neste campeonato. Admitiu que o Sporting de Benguela por ser adversrio no jogo de estreia uma equipa a respeitar, apesar de ser constituda por atletas que ficaram muito tempo sem jogar.

uma boa equipa apesar de ser constituda por atletas que ficaram muito tempo sem jogar. Mas da ltima vez que estive em Benguela no clnic de treinadores pude observar que um conjunto que est a trabalhar muito, disse. Em entrevista ao Jornal dos Desportos, Francisco Paulo Tchamwanga, garantiu que o objectivo da participao da equipa huilana nesta prova consiste em melhorar o quinto lugar alcanado na edio passada.

Afirmou que apesar da prova contar com sete formaes, as formaes de Luanda sobretudo o 1 de Agosto, Interclube e do Maculusso, so favoritas vamos fazer um campeonato entre o misto da Hula, Sporting de Benguela e do Bi. Da prova fazem parte as equipas do 1 de Agosto, Interclube, Maculusso, Clube Universidade Lusada, Sporting de Benguela e o Misto da Hula.
Gaudncio Hamelay- Lubango

Riso Seco
Covilh oferce
primiero trofu

O tcnico angolano, Jaime Covilh, ofereceu o primeiro trofu da poca ao Clube 1 de Agosto, aps ter derrotado na ltima segunda-feira no Pavilho Victorino Cunha, o Grupo Desportivo Interclube, para a final do Campeonato Provincial de basquetebol snior feminino de Luanda, por expressivos 68-47. O tcnico Covilh substituiu o selecciomnador nacional snior feminino, Anbal Moreira, do comando da equipa militar, respondeu de forma positiva a confiana que lhe foi depositada pela direco do clube, liderada por Carlos Hendrick, que pretende ver quebrado o domnio da equipa adstrita Polcia Nacional, fundamentalmente, em competies internas.

Apesar do resutado expressivo (68-47), o tcnico vice-campeo africano em 2011, pela Seleco Nacional snior masculino, reconheceu o potencial da turma da Polcia Nacional. "Tivemos pela frente uma grande equipa e no por acaso, que nos ltimos tempos ganha quase tudo. Felizmente, conseguimos neutraliza-las e creio que acabamos por ser superiores e a vitria no merece qualquer contestao", finalizou o tcnico Jaime Covilh j comeou a projectar a participao no Campeonato Nacional, que este ano vai ter como palco, a provncia de Benguela. O "Nacional" vai decorrer de 21 a 31 do corrente ms.

BENGUELA ACOLHE PROVAS

A provncia de Benguela em colaborao com a direco tcnica da Federao Angolana de Basquetebol esmeram-se na criao de condies para acolher de 20 a 31 do ms em curso, o Campeonato Nacional snior feminino e a Taa de Angola da "bola ao cesto". Entretanto, para a Taa de Angola, a formao do Grupo Desportivo Interclube vai estar isenta da primeira eliminatria, que vai ser jogada a 20 do corrente, segundo faz saber o comunicado a que tivemos acesso, proveniente do rgo reitor da modalidade no pas.

O Sporting Petrleos do Bi vai defrontar o Grupo Desportivo O Maculusso, a estreante Lusada vai ter pela frente o Sporting Clube de Benguela, ao passo que o 1 de Agosto vai defrontar o Misto da Hula. A eliminatria vai ser jogada a uma mo.
M.C

NBA
Trail Blazers
evitam varridela


Os Portland Trail Blazers venceram na madrugada de ontem os San Antonio Spurs, por 103-92 e evitaram ser "varridos" pelos texanos nas meias-finais da Conferncia Oeste, reduziram a desvantagem na srie para 1-3. A jogar em casa, o conjunto do Orego foi liderado por Lillard que somou 25 pontos e cinco assistncias, com Batum a registar um duplo-duplo de 14 pontos, 14 ressaltos e oito assistncias, assegurou o triunfo graas a um excelente terceiro perodo, que venceu por 35-20.